HUMOR: Valdivia zoa Corinthians por aniversário de 104 anos e toma resposta de Ralf

Como é que essa história aí Valdivia? explique melhor. hahaha

Elias e Gil se apresentam à Seleção Brasileira

Na manhã desta segunda-feira (01), Elias e Gil se apresentaram à Seleção Brasileira. Os jogadores já estão em Miami, nos Estados Unidos, junto com os demais jogadores e a comissão técnica do Brasil.

Elias e Gil foram os dois atletas do Corinthians convocados para os amistosos contra Colômbia e Equador, que acontecerão nos dias 05 e 09 de setembro, respectivamente. O primeiro compromisso será disputado em Miami; e o segundo em Nova Jersey.



Fonte: Site Oficial do Corinthians

VÍDEO: Jogo Aberto relembra fanatismo de Dr. Osmar em homenagem ao Corinthians nos 104 anos

O programa Jogo Aberto homenageou o Corinthians pelo 104º aniversário do clube, nesta segunda-feira (01/09), relembrando o ilustre fanatismo de Dr. Osmar de oliveira, falecido em julho deste ano.

O ex-jogador Basílio e o médico Joaquim Grava deram depoimentos sobre Dr. Osmar e relataram a emoção dele ao entrar no gramado da Arena Corinthians, em Itaquera.


VÍDEO: Jogadores parabenizam Corinthians pelo aniversário

O Corinthians completa 104 anos nessa segunda-feira e os jogadores mandam seu recado #ParabénsCorinthians #Timão104 #Corinthians104anos

VÍDEO: BOMBA! Tite voltará ao Corinthians em 2015, diz comentarista

Para o comentarista do Terceiro Tempo, Mano Menezes só é treinador do clube por conta do atual presidente do Corinthians, Mario Gobbi, e com sua saída o técnico da equipe seria Tite. 


Em carta, Gobbi celebra 104 anos do Corinthians e exalta feitos da gestão

O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, publicou nesta segunda-feira uma carta aos torcedores no site oficial do clube. Vivendo os últimos meses de sua gestão, o mandatário exaltou os feitos da própria gestão – como os títulos da Libertadores e do Mundial – e outras evoluções do Timão, como o destaque na natação e as construções no Parque São Jorge. A Arena em Itaquera, nova casa alvinegra, também ganhou espaço e foi tratada como “sonho realizado” nas palavras do dirigente.

As próximas eleições do Corinthians estão marcadas para fevereiro de 2015. Apesar dos títulos e das melhorias citadas na carta, Gobbi diz que ainda não está satisfeito, exalta a reformulação do elenco e assegura que a equipe está trabalhando duro para conquistar ao menos um título em 2014. No momento, o Timão está nas oitavas-de-final da Copa do Brasil e ocupa a quarta colocação do Campeonato Brasileiro.

Veja abaixo a carta na íntegra:

Corinthianos e corinthianas,

É com muita alegria que o Sport Club Corinthians Paulista completa 104 anos de vida. Consolidado como a maior marca do futebol brasileiro, o Timão tem uma temporada especial com a realização de mais um sonho do torcedor – a inauguração da Arena Corinthians –, a bem sucedida reformulação do elenco de futebol profissional, o desempenho nas demais modalidades – em especial, a natação – e a sequência de melhorias na estrutura do clube social.

Dentro de campo, temos trabalhado duro e conseguimos reformular o elenco que havia conquistado os principais títulos do futebol brasileiro, sul-americano e mundial. Neste segundo semestre, a equipe dá mostras de que está no páreo pelo Campeonato Brasileiro e pela Copa do Brasil.
Coletiva da paz palmeiras e Corinthians: Mario Gobbi (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Além do trabalho dentro de campo, também buscamos melhorias na estrutura do clube social, que teve a área de churrasqueiras inaugurada recentemente, a construção dos novos banheiros da Academia, a reforma do ginásio poliesportivo, e no próprio futebol. Por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, buscamos a construção do Centro de Excelência e Treinamento de Futebol, que atenderá todas as equipes de base do Timão.

Entre os dias 1º de setembro de 2013 e 2014, o corinthiano pôde ter ainda mais orgulho de ser corinthiano. A Arena Corinthians foi inaugurada e realizou um grande sonho de todos os mais de 30 milhões. Um dos estádios mais modernos do mundo, a nova casa alvinegra ainda teve a honra de ser o palco da cidade de São Paulo na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 e recebeu seis partidas do torneio.
Nas demais modalidades, o Corinthians também segue em destaque. No primeiro semestre deste ano, em especial a natação brilhou. Após 48 anos, o Timão voltou a vencer o Troféu Maria Lenk e está no topo do ranking brasileiro.

Por fim, gostaria de dizer a todos vocês que para mim este aniversário é especial. Eleito no fim de 2011, este será o último aniversário como presidente do Corinthians. Particularmente, já sinto muita saudade do que vivi e do que conquistei à frente do clube, em especial a Libertadores, o Bi Mundial de Clubes da FIFA e a Recopa Sul-americana. Mas isso não quer dizer que estou satisfeito. Seguiremos trabalhando para comemorar ao menos mais um título importante até o fim do ano.

Sport Club Corinthians Paulista, feliz aniversário! Parabéns a todos os torcedores. Só com vocês conseguimos chegar ao topo!

Fonte: Globo Esporte

Jornalista se irrita com Corinthians

Após o empate entre Corinthians e Fluminense por 1 a 1 domingo, em São Paulo, tricolores e alvinegros reclamaram da arbitragem, que teria anulado erradamente o gol do zagueiro Henrique, por impedimento, e não dado um pênalti para o Timão no segundo tempo. Cansado das constantes reclamações dos corintianos após cada rodada do Campeonato Brasileiro, o jornalista Carlos Eduardo Eboli falou sobre uma norma adotada pela rádio CBN, onde trabalha, em que "qualquer membro do Corinthians, ao citar a palavra árbitro ou arbitragem, tem a coletiva interrompida" (assista ao vídeo).

- A gente lá na CBN já chegou a seguinte conclusão, já é uma norma de conduta: qualquer membro do Corinthians ao citar a palavra árbitro ou arbitragem, a gente interrompe a coletiva ou a entrevista. Aconteceu isso domingo, quando o Mario Gobbi, presidente do Corinthians, começou falando que era difícil não comentar sobre os lances, mas quando ele falou sobre a arbitragem, acabou a coletiva - disse o jornalista.

Convidado do "Redação SporTV", Carlos Eduardo Eboli explicou que, no seu entendimento, os lances reclamados pelos corintianos são discutíveis, em função do ângulo de visão em que se acompanha o lance.

Fábio Santos, do Corinthians, reclama com árbitro Paulo Henrique Godoy Bezerra (Foto: Marcos Ribolli)
- Confesso que não vi o contato que vocês viram no pênalti em cima do Wagner. E, nesse pênalti reclamado pelo Corinthians, o Klever acerta a cabeça do jogador. Ele foi na bola, mas o jogador do Corinthians chega primeiro e ele acerta a cabeça. Ele impede que o jogador do Corinthians siga na jogada. Mas também é um lance discutível porque depende do ângulo de visão. Então, são lances discutíveis e que não justificam a reclamação exagerada de que o Corinthians empatou por causa da arbitragem - concluiu.

Fonte: Sportv

VÍDEO: Fiel explode em jogada espetacular de Renato e gol de Romarinho

Corinthians empata com o Fluminense por 1 a 1 pelo Campeonato Brasileiro de 2014. Aqui, a vibração da Fiel durante a partida e o gol de Romarinho.

Presidente do Corinthians ofende o árbitro e promete recorrer a Marin na CBF

'É um incompetente, um burro chucro', ofendeu Gobbi, para quem Godoy Bezerra 'parecia um boi solto' com o apito em mãos. 'Quero os meus dois pontos. O que estou gastando para montar esse time? Tudo tem limite. Faltou capacitação técnica e preparo emocional', continuou.

O presidente corintiano ainda prometeu conversar com José Maria Marin, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), sobre os supostos recorrentes erros contra o Corinthians. Ele citou o desempenho de Heber Roberto Lopes na derrota para o Grêmio como 'brincadeira de criança' e insinua que o seu clube sofra represálias por causa do julgamento do volante Petros no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Curiosamente, Paulo Henrique de Godoy Bezerra não estava escalado para trabalhar no jogo entre Corinthians e Fluminense. Ele substituiu de última hora Sandro Meira Ricci, que se lesionou. 'Ainda demos azar nesse ponto. Precisamos nos benzer para melhorar. Com o Sandro, seria um jogo mais corrido, com padrão Fifa, e não todo picadinho com faltas no meio-campo e só três minutos de acréscimo', atacou Mano Menezes.

O técnico, portanto, não conseguiu honrar a promessa de não criticar mais a arbitragem. Mesmo mais contido, ele também contestou as faltas em Elias, embora tenha deixado os protestos mais incisivos para Gobbi. 'O presidente é a autoridade máxima do clube. Se ele está adotando um posicionando, talvez tenha visto uma sequência de erros que mereça a sua intervenção', afirmou.

Mas os corintianos não estavam isolados nas reclamações. Do lado do Fluminense, também sobraram críticas. Dirigentes e jogadores chiaram de um pênalti não marcado sobre o centroavante Fred e de um gol anulado do zagueiro Henrique. O técnico Cristóvão Borges, por sua vez, estranhou as frequentes queixas por parte do Corinthians.

Getty Images | Jogadores do Corinthians ficaram revoltados com a arbitragem depois do fim do jogo em Itaquera

Mano rebateu o colega: 'Quando você não vive o problema na carne, é mais compreensivo. Se daqui a pouco o Fluminense enfrentar a mesma sucessão de erros, talvez o Cristóvão tenha uma postura um pouco diferente. Quando a gente fala de arbitragem, não é para justificar a atuação da equipe. Não vamos misturar as coisas'.

Fonte: IG

Gobbi compara salário pedido por Nilmar a uma Ferrari e desiste de contratá-lo

Segundo Gobbi, a negociação foi encerrada assim que o empresário Orlando da Hora informou quanto o seu cliente queria ganhar - antes mesmo de iniciar a conversa, ele avisava que a transação não seria barata. O agente já havia se desentendido com dirigentes corintianos na passagem anterior do atacante pelo clube.

Gobbi chegou a comparar o negócio com a tentativa de comprar um automóvel da marca Ferrari. 'Se falam que o valor é R$ 1 bilhão, que contraproposta vou fazer?', questionou o mandatário.

Sem Nilmar, o Corinthians ainda corre o risco de perder outro atacante. Romarinho (autor do gol diante do Fluminense) interessa a clubes do exterior, e o presidente não descartou a transferência.

Preocupado com a falta de opções no setor ofensivo (atualmente sem Paolo Guerrero, convocado para defender o Peru), o técnico Mano Menezes reforçou o seu clamor por reforços. 'Sem dúvida, precisamos de reposição. É lógico que não dá para ficar nessa situação. Mas já falamos disso. Se insistirmos, parece que é justificativa', ponderou.

Fonte: IG





 
Veículo de notícias sobre o Sport Club Corinthians Paulista | Todos os direitos reservados © 2012 - 2014. Timão do povo - Notícias do Corinthians