Brasileirão com 24 clubes é cogitado; federações rechaçam ideia

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

O Tribunal do Pleno nem tinha começado e a conversa de um Brasileiro com 24 clubes, sem rebaixar nenhum time, já estava presente entre alguns dirigentes de clubes, desde o final da semana passada. Para o blog, alguns cartolas contaram que um novo campeonato já estava sendo elaborado, até mesmo com a CBF e parceiros como testemunha.

A ideia para 2014 seria: 24 clubes, dois grupos com 12, jogos de ida e volta entre eles, com oitavas, semi e final também com duas partidas. Um total de 30 datas, em vez das 38 planejadas.

Nesta sexta-feira, o presidente da Ponte Preta, Marcio Della Volpe, sugeriu a alteração publicamente, em entrevista para a rádio do Jovem Pan.

Por outro lado, um diretor da CBF, que não quis ser identificado, respondeu ao ESPN.com.br na quinta-feira, antes do julgamento, e disse que não havia a menor hipótese disso acontecer. Depois da decisão, não atendeu mais às ligações.

As federações também rechaçaram a possibilidade de mudança. Entre os presidentes que não concordam está Delfim Peixoto, de Santa Catarina, que será vice-presidente do Sul da CBF se a chapa de Marco Polo Del Nero sair vencedora das eleições no ano que vem.

'Depois que o Ricardo Teixeira custou a chegar em 20 clubes, eu não acredito que haja qualquer mudança. Isso mudaria uma regra do jogo, nesta altura do campeonato. A Copa João Havellange ficou muito mal vista, não haveria motivo para se fazer isso de novo. Se (José Maria) Marin estivesse cogitando fazer isso, eu provavelmente saberia. Falei com ele há dois dias e não tinha nada sobre isso. Isso seria uma desmoralização. Não acredito que eles fariam isso agora, ainda mais às vésperas das eleições', afirmou o dirigente para o ESPN.com.br.

Fonte: ESPN

Você está aqui:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO CORINTHIANS:


 
Veículo não oficial de notícias sobre o Sport Club Corinthians Paulista | Todos os direitos reservados © 2012 - 2013. Timão do povo - Notícias do Corinthians