2

Reforços, goleiro titular e base; Carrile fala em primeira coletiva como treinador do Corinthians

O Corinthians se reapresentou nesta quarta-feira para dar inicio na temporada de 2017. Com Fábio Carrile de técnico efetivado, a entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava teve algumas dúvidas respondidas pela nova comissão.

Entre outras coisas, o novo treinador alvinegro falou da chegada de reforços, da condição de titular no gol entre Cássio e Walter, e também da utilização da base. Além disso, o planejamento para os próximos dias e busca do título do Paulistão também foram assuntos levantados.

Além disso, Carrile também apresentou a nova comissão técnica, composta pelo preparador físico Walmir Cruz, de 54 anos, e o auxiliar Leandro da Silva, o Cuca, 43.

"Quero apresentar o novo preparador físico do Corinthians, Walmir Cruz, já passou pelo clube de 2009 a 2010, participou do título da Copa do Brasil. Obrigado, Walmir. E Leandro, estava trabalhando no Vila Nova, joguei com ele em 1996 no Coritiba. Em 2000 jogamos no Juventus, e ali começou a ideia de começar uma comissão técnica, em 2000. São 16 anos que a gente vem conversando. A gente tem a oportunidade de começar numa equipe dessa grandeza. Estou muito contente com isso e tenho certeza que será um grande ano", disse Carrile na coletiva.


CONFIRA OS PRINCIPAIS TRECHOS ABAIXO:


REFORÇOS:
"Certo mesmo só o Kazim, que já assinou. Os outros são nomes que estão sendo observados há algum tempo. Temos o Cifut, onde tem jogadores do mundo inteiro sendo observados. Pelo tanto de jogador que saiu esse departamento passou a trabalhar mais, então estamos de olho em tudo o que mercado puder oferecer."

O QUE ESPERAR DE CARRILE?
"Pode esperar preparação, dedicação, uma equipe muito organizada dentro de campo. Tenho certeza que será um ano de vitórias."

TÍTULOS?
"Nesse momento penso em fazer a equipe jogar bem. Depois, chegar a título paulista ou uma nova condição depende de muitas coisas."



Foto: Guilherme Amaro | Lance

Walmir Cruz, preparador físico falando sobre o planejamento:
"Estamos trabalhando desde o dia 3 de janeiro. Os jogadores se apresentam hoje, mas nossas reuniões já ocorreram. De hoje até a primeira partida são sete dias, uma semana. Teremos avaliações entre hoje e amanhã, dois períodos amanhã, e no resto trabalho com bola, físico e técnico. É pouco tempo para estrear em partida completa, então a Florida Cup serão partidas de pré-temporada, onde não se exige o máximo. Nossa ideia é ser um time a cada tempo para eles irem condicionando até chegarem ao Campeonato Paulista com 33 treinamentos e em condição. Até porque em fevereiro já serão oito jogos, Paulista e Copa do Brasil. Vamos aproveitar esse tempo da melhor forma possível para que eles tenham uma base."

TIME TITULAR?
"Deixa os trabalhos começarem, mas até o fim da semana estará decidido, porque teremos o primeiro jogo."

MANUTENÇÃO DA EQUIPE:
"Não queremos perder qualidade. Fagner viveu um excelente ano, Rodriguinho foi bem, Marlone e outros. A ideia é não perder ninguém e fortalecer mais ainda. Mas sabemos que até o fim de janeiro ainda corremos riscos."

UTILIZAÇÃO DA BASE:
"Já faço acompanhamento há muitos anos. Hoje minha coletiva está sendo essa hora porque vou a Taubaté ver o sub-20. Já tenho muitos jogadores no grupo. É não ter medo de colocar quando precisar, deixar trabalhando, dando confiança, e quando precisar colocar dentro de campo."



comentário(s) pelo facebook: