Mostrando postagens com marcador Contratações do Corinthians. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Contratações do Corinthians. Mostrar todas as postagens

Presidente diz que encerrou negociação por Nilmar: 'Desejamos boa sorte'



O presidente do Corinthians Mário Gobbi Filhou afirmou, neste domingo, que o Corinthians não negocia mais com o atacante Nilmar. Nas conversas com o empresário Orlando da Hora, o jogador de 30 anos pediu cerca de R$ 1 milhão de salários, que foi considerado inviável pelo clube.

- A conversa foi bastante simples, sobre valores. A pergunta foi feita e os números são tão fora da realidade que nós desejamos boa sorte e seguimos em frente - disse o mandatário, à Rádio Bradesco Esportes FM.

Gobbi afirma que não fará contraproposta e que não há mais negociação porque não vê como chegar a um valor comum com Da Hora.
- Fizemos uma consulta, a resposta veio e nós encerramos a negociação ali. Está fora de cogitação. Se vou comprar uma Ferrari, pergunto: "Quanto é?". Se respondem "Um bilhão", digo "Até logo, obrigado", viro as costas e vou embora. Não vou fazer contraproposta - ressaltou Gobbi.

- O que ele está pedindo, está fora da realidade do mundo brasileiro. Ele teria que jogar em outro país - completou.

Nilmar rescidiu contrato com o
 El Jaish (Foto: Divulgação/El Jaish)


Fonte: Lancenet

Corinthians desiste de zagueiro e concentra todas suas forças em atacante



Nas últimas semanas, a diretoria do Corinthians esteve atrás de zagueiros. Mas não está mais interessada em contratar jogadores para a posição. André Dias, ex-São Paulo, e Vilson, ex-Palmeiras, estavam na mira. Mas a negociação com ambos foi descartada.

Vilson tinha o apoio de pessoas do departamento médico, porque está se tratando no CT Joaquim Grava. E André Dias chamou a atenção depois de sair do italiano Lazio. Só que o salário pedido pelo ex-são-paulino assustou a direção alvinegra.

A procura por zagueiro nesse momento deve ser suspensa pelo Corinthians. Todas as forças devem estar na negociação por Nilmar. Pelo menos é o que sinaliza a diretoria alvinegra.

O Timão volta a campo neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians, para encarar o Fluminense. Depois de cair para a quarta colocação, o time paulista quer se manter no G-4, enquanto os cariocas, em quinto, estão de olho numa posição no grupo.

André Dias não está mais na mira do Corinthians
(Foto: Getty Images)

Fonte: Globo Esporte

Corinthians atualiza torcida sobre reforços e possíveis saídas



Depois de muita especulação e várias sondagens, o Corinthians, enfim, iniciou nesta sexta-feira as negociações para a contratação do atacante Nilmar. Quem confirma é Ronaldo Ximenes, diretor de futebol do Timão. Em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, o dirigente deu detalhes sobre a conversa que teve com Orlando da Hora, agente de Nilmar.

- Acabei de falar com o Orlando. O Nilmar se desvinculou do clube que ele jogava (El Jaish, do Catar). Agora, vamos começar a negociar. Naturalmente, a pedida de qualquer jogador é alta para vir ao Corinthians. Mas vamos conversar. A partir de agora vamos conversar. Se for conveniente, ele virá. Vamos ver. O Corinthians não participará de leilão pelo Nilmar. E o salário dele não ultrapassara o teto do Corinthians - disse Ximenes.

O dirigente confirmou também a sondagem do próprio El Jaish sobre Romarinho, atualmente na reserva do Corinthians. A expectativa é de que a oferta seja formalizada neste sábado.

- Ainda não chegou a proposta. Tudo indica que ela chega amanhã. A proposta é do Catar, do mesmo clube que jogava o Nilmar - disse Ximenes.

Questionado se a oferta por Romarinho seria de 7 milhões de euros, o dirigente respondeu:
- 7 milhões é baixo, mas vamos esperar ela chegar.

Ximenes aproveitou para comentar sobre as sondagens que Paolo Guerrero tem recebido. Sunderland e West Ham, ambos da Inglaterra, teriam demonstrado interesse no peruano, que tem contrato até 2015 com o Timão. O dirigente prometeu chamar o atacante para tentar prorrogar o vínculo.

- Guerrero não sai do Corinthians em 2014. Vou tentar renovar o contrato dele.

Guerrero foi sondado por clubes ingleses, e Romarinho interessa a time árabe (Foto: Daniel Augusto Jr / Ag.Corinthians)

* André Guerreiro colaborou sob supervisão de Juliano Costa 

Fonte: Globo Esporte

Nilmar e Corinthians: R$ 1 milhão de salários e vários interessados



Nilmar em ação com a camisa do El Jaish,
seu ex-clube (Foto: Divulgação El Jaish)

A primeira negociação entre a diretoria do Corinthians e o empresário de Nilmar, Orlando da Hora, foi bem pior do que o esperado. O clube alega que o agente pediu R$ 1 milhão de salários, valor considerado absurdo e totalmente inviável. Além disso, foi dito que outros clubes também estão na briga. Os italianos Roma e Juventus e os ingleses Manchester City e Manchester United foram citados por Da Hora como interessados.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o diretor de futebol do Timão, Ronaldo Ximenes, revelou que havia conversado com o empresário e que a pedida estava fora da realidade do clube.

- A primeira proposta é sempre assustadora e mais alta do que imaginamos. Começamos a conversar sobre isso. Se for conveniente vamos conversar. Mas eu posso garantir que não ultrapassará o teto (salarial) do Corinthians - disse o dirigente.

O Corinthians, na realidade, esperava números menores. Uma sondagem havia sido feita pelo presidente alvinegro, Mário Gobbi Filho, ao staff do atacante. A ideia era que Nilmar desejava receber R$ 600 mil de salários mensais e R$ 2 milhões de luvas. Essa pedida já era considerada impossível de atender. A atual está mais distante ainda.

A diretoria alvinegra afirma que segue com interesse, mas não fará loucuras. Caso Nilmar não consiga ter o desejo atendido por outros interessados, o Timão fará nova proposta.

Fonte
087653SAzqwrh=

Roma encaminha contratação de Nilmar, afirma rádio



Principal alvo do Corinthians para a sequência do Campeonato Brasileiro, Nilmar está perto de acertar com a Roma. Segundo informações do repórter Matheus Trindade, da rádio Bandeirantes, a negociação estaria bastante avançada.

De acordo com a notícia, empresário e jogador iniciaram as conversas com time do Parque São Jorge, mas o alto salário pedido pelo atleta e a preferência pelo futebol europeu acabaram pesando. No último dia 19, Nilmar fez o juramento à bandeira espanhola para finalizar o processo de retirada do passaporte europeu, o que facilitaria a sua transferência para os romanistas.

O interesse da Roma pelo atacante é antigo. Em 2011, quando ele ainda defendia o Villarreal, os italianos tiveram uma oferta de 25 milhões de euros recusada pela equipe espanhola. Um ano depois, após o rebaixamento do clube no Campeonato Espanhol, Nilmar acabou indo jogar no futebol do Catar.

Segundo rádio Bandeirantes, Nilmar está perto de acertar com a Roma

Fonte: Yahoo

Com saída de Romarinho, Corinthians quer acelerar chegada de Nilmar



Nilmar é o desejo da diretoria do
Timão (Foto: Divulgação/El Jaish)

Com a saída de Romarinho encaminhada para o Shakhtar Donetsk (UCR), o Corinthians espera poder concretizar em breve a chegada de Nilmar. O clube, que tem 40% dos direitos econômicos do atacante, deve receber R$ 8,5 milhões, uma vez que o negócio que está para sair renderá cerca de R$ 21 milhões.

A diretoria alvinegra ainda mantém cautela para falar na contratação, pois é reticente em negociar com o agente de Nilmar, Orlando da Hora. Já foi considerado inviável pagar R$ 600 mil de salários e R$ 2 milhões de luvas, como falado na primeira sondagem, feita por telefone pelo presidente Mário Gobbi Filho. Neste momento, não há nenhuma negociação concreta, mas a intenção é anunciar o jogador de 30 anos de idade o quanto antes.

Da Hora está no Qatar com um advogado para resolver as últimas pendências com o El Jaish, clube com o qual Nilmar tinha contrato e tem valores a receber. Antes, ele havia informado apenas que estava na Espanha. O contato com o agente tem sido difícil, segundo relatos de quem acompanha a situação.

O dinheiro que entrará nos cofres do Corinthians pode fazer com que cada lado ceda um pouco mais para que, enfim, o desfecho ser feliz. Nos últimos dias, o Timão teve de pedir adiantamento de R$ 15 milhões à TV Globo e à Federação Paulista de Futebol (FPF) para fazer um pagamento ao governo federal, referente a uma dívida de impostos não pagos. O ex-presidente Andrés Sanchez, o ex-diretor de futebol Roberto de Andrade, o ex-diretor administrativo André Luiz de Oliveira e o diretor de finanças Raul Correa da Silva eram citados em uma ação penal movida pelo Ministério Público Federal.

Atualmente, no setor ofensivo, a equipe alvinegra conta com Guerrero, Luciano, Romero e Romarinho - este que já tem a saída praticamente concretizada. A produção do ataque tem irritado Mano Menezes e a torcida, quem esperam urgentemente a chegada de Nilmar.

Fonte: Lancenet

Com time desfalcado, Mano volta a enfatizar necessidade de reforços



Mano Menezes vai perder quatro jogadores para seleções do Brasil, Peru e Uruguai | AG. CORINTHIANS/DANIEL AUGUSTO JR
O Corinthians perderá quatro jogadores na próxima semana, todos convocados por suas seleções - o zagueiro Gil e o meio-campista Elias defenderão o Brasil de Dunga, enquanto o armador Nicolás Lodeiro estará a serviço do Uruguai e o centroavante Paolo Guerrero não conseguiu dispensa do Peru. Para o técnico Mano Menezes, os desfalques comprovam a necessidade de reforços.

"Podemos até não ter prejuízos, mas cabe a mim, como homem que encabeça o planejamento técnico e tático da equipe, mostrar isso aos meus dirigentes. É o que faço sempre. O ideal é que estejamos preparados para circunstâncias como essas", comentou o treinador.

Antes, as cobranças de Mano se concentravam em mais um jogador para o ataque, com características parecidas com as de Guerrero. Nilmar, desligando-se do El Jaish (do Catar), virou o favorito para suprir a carência - apesar das dificuldades que a diretoria terá para chegar a um acordo salarial com o atleta.

Agora, no entanto, Mano tem demonstrado mais preocupação com a sua defesa. "Não esperávamos perder o Cleber (transferiu-se para o Hamburgo, da Alemanha), e ainda não tínhamos a convocação do Gil. Ou seja, são dois fatos novos. Tento antever essas questões, que podem acontecer em jogos decisivos, para os dirigentes", argumentou.

Com a saída de Cleber, Mano promoveu Anderson Martins ao time titular. O atleta ainda sofre com as faltas de entrosamento e de ritmo de jogo. As outras opções para a zaga são Felipe, contestado por torcedores, e o novato Pedro Henrique, que Mano Menezes ainda julga sem experiência suficiente.

Dessa maneira, o Corinthians passou a procurar também um novo zagueiro para compor o seu plantel. O ex-palmeirense Vilson, que se recupera de lesão no joelho no CT Joaquim Grava, e o ex-são-paulino André Dias, já sem contrato com a italiana Lazio, surgiram alternativas.

Ao mesmo tempo em que espera a chegada de mais jogadores, contudo, Mano tenta não desvalorizar aqueles com quem já conta. "Confio nos atletas que temos aqui", bradou, tentando não lamentar tanto os desfalques dos selecionáveis. "Obviamente, não é o ideal não poder utilizar parte dos seus principais jogadores, mas a realidade é essa. Teremos que saber nos comportar dentro dela", conformou-se.

Fonte: ESPN

Mano só quer Nilmar no Corinthians. E pode ficar sem ninguém por isso



Mano Menezes quer reforços para o Corinthians, e deixou isso claro mais uma vez na última terça, em entrevista coletiva. O problema é que, até agora, o treinador só se animou com o nome de Nilmar, considerado caro pela diretoria. Com isso, tem grande chance de ficar sem ninguém.

O treinador está empolgado com a ideia de ter o ex-colorado e, por isso, recusou possibilidades mais palpáveis. O ex-gremista Jonas, por exemplo, fio descartado pela comissão técnica após uma sondagem inicial, como publicou o UOL Esporte.

O negócio com Nilmar está enrolado. O Corinthians ainda espera que o estafe do atacante consiga a liberação do jogador no Qatar. O El Jaish, seu antigo clube, já anunciou a rescisão, mas o jogador e seus empresários cobram o dinheiro referente ao restante do contrato, que ia até 2016.

Mesmo que isso se resolva, porém, o Corinthians não vê a negociação com bons olhos. A diretoria está disposta a oferecer o teto do time para Nilmar (cerca de R$ 500 mil, valor pago a Elias, atualmente), mas se recusa a pagar luvas ou comissões. O atacante e seu empresário, Orlando da Hora, são conhecidos pelo apetite em negociações como essa.

Se não fechar com o atacante, o Corinthians não tem plano B para o ataque. Mano se preocupa em ficar com o que tem hoje porque Guerrero, Lodeiro e até Romero podem desfalcar o time em convocações de suas seleções. Neste caso, sobrariam Romarinho e Luciano.

"Podemos não ter prejuízo nenhum, mas cabe a mim, como chefe do comando técnico, mostrar isso para os meus dirigentes. Podemos não ter lesão, suspensão por cartão ou convocados, mas a probabilidade maior é de que não seja assim", disse Mano Menezes.

Na zaga, que também não é um problema, a diretoria é refratária a contratações que sejam passíveis de crítica. André Dias, por exemplo, chegou a ser especulado, mas os cartolas não querem repetir a experiência infrutífera que tiveram ano passado com Maldonado, um veterano que veio a custo baixo para compor elenco mas que, na hora em que foi preciso, falhou em campo.

O consolo para Mano é que o time também não deve perder ninguém. Depois da saída de Cleber, Guerrero foi o único apontado como alvo de algum clube. Só que os pedidos de empréstimos de dois clubes ingleses não animaram a diretoria, que em breve deve sentar para negociar a renovação de contrato do peruano.

Fonte: ESPN

Corinthians aguarda agente voltar do Catar para ter reunião por Nilmar



Corinthians negocia retorno do atacante Nilmar (Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com)
O Corinthians aguarda o retorno do empresário do atacante Nilmar, Orlando da Hora, que está no Catar, para agendar uma reunião e tentar contratar o jogador. Com interesse declarado pelo atleta há algumas semanas, o Timão esperava o fim do vínculo entre do atacante com o El Jaish. A presença do agente no país do Oriente Médio é justamente para finalizar essa questão e ouvir, enfim, as propostas dos clubes interessados em contar com Nilmar. O clube do Parque São Jorge deve ter novidades a partir de quinta-feira.

A diretoria alvinegra deixou claro que não teria pressa na negociação, mas a necessidade de um atacante no elenco é evidente. Paolo Guerrero, titular da equipe, foi convocado pela seleção peruana e desfalcará o Timão em pelo menos três partidas. O fato deixa o técnico Mano Menezes preocupado, já que a postura do Corinthians no setor ofensivo não vem agradando: Luciano, Ángel Romero e Romarinho disputam a vaga ao lado de Guerrero, mas pecam pela instabilidade.

O principal entrave na negociação entre Corinthians e Nilmar, inicialmente, deve ser o salário. O clube já deixou claro que não fará “loucuras” para contar com o atacante, que recebia quase R$ 1 milhão por mês no El Jaish. Enquanto o Timão está disposto a pagar cerca de R$ 350 mil, sem luvas ou comissões, o estafe do jogador deve abrir as conversas pedindo ao menos R$ 600 mil. Logo que Nilmar se tornou disponível no mercado, o empresário dele avisou aos interessados que não se tratava de um atleta barato.

A cautela financeira do Corinthians já ficou clara na negociação com o atacante Marcelo, do Atlético-PR. Apalavrado e com salários acertados, o jogador acabou não se transferindo para o Timão pela falta de acordo entre os clubes em relação à forma de pagamento dos direitos econômicos do atleta. Nilmar, por estar sem contrato com outro clube, é tratado como uma boa oportunidade pela diretoria.

A saída conturbada do atacante, que passou pelo Corinthians entre 2005 e 2007, é relevada internamente. Há um consenso sobre a necessidade de contratar um parceiro para Paolo Guerrero. Nilmar é um nome que agrada Mano Menezes e se encaixa no perfil requisitado pelo técnico, que desde o Campeonato Paulista vem alertando para a necessidade de um jogador de peso para o setor ofensivo.

Fonte: Globo Esporte

Neto detona 'suposta' contratação de zagueiro veterano pelo Corinthians




Estou sabendo que o Corinthians está negociando com o zagueiro André Dias para ser o novo reforço do time para o restante da temporada. Pra quem tem memória fraca trata-se do bom jogador que defendeu o São Paulo entre 2006 e 2010, sendo inclusive tricampeão do Brasileirão no período. De fato sempre foi um defensor de qualidade. Não à toa se transferiu para a Lazio da Itália e por lá ficou nas últimas quatro temporadas. Mas esperem um pouco. O rapaz tem 35 anos e foi recusado pelo próprio Tricolor paulista em um possível retorno. Então pra que tanto interesse?

Sinceramente fico indignado com tanta lambança por parte da diretoria corintiana. Primeiro eles cedem o clube para o Cléber usar de vitrine. Pois bem, o cara foi vendido para a Alemanha sem o Timão faturar um centavo sequer. Não ouvi o gerente Edu e nem o diretor Ximenez falar nada sobre o assunto. Agora os caras querem um jogador de 35 anos para o lugar do jovem beque? É isso mesmo??? E a categoria de base, não existe?

Sei que às vezes fico meio repetitivo, e peço até desculpas por isso, mas se não tiver um no clube um zagueiro com no mínimo a mesma capacidade do André Dias de hoje, pode parar tudo. Poxa vida, fecha o departamento! Até porque o amador tem um custo monstruoso para os cofres alvinegros. Gostaria de saber do Sr. Fernando Alba, que é o diretor da base, o porquê de não aproveitar os garotos no time principal. É coisa do Mano ou não? Tem interesse de empresário no meio ou não?

As pessoas envolvidas tem que falar porque desse jeito vou começar a achar que tem gente de rabo preso por aí, viu? Quer dizer, achar eu já acho. Só preciso ter certeza do que acontece de verdade.

Fonte: UOL

Empresário de Nilmar finalmente procura Corinthians e dá início às negociações



Nilmar está livre, segundo seu empresário | GETTY
Depois de alguns dias de espera, finalmente o empresário de Nilmar, Orlando da Hora, ligou para o Corinthians para dar início às negociações. O agente havia prometido que procuraria o clube paulista assim que resolvesse todas as pendências no Al-Jaish, do Catar, onde o atacante estava atuando antes da Copa do Mundo. Na primeira proposta, o representante do jogador fez a seguinte pedida: R$ 600 mil de salário e mais R$ 2 milhões de luvas, segundo apuração da reportagem.

Os valores já são menores do que aqueles que Orlando vinha comentando em conversas nas últimas semanas, o que lhe deu a fama de sem noção dentro do mercado brasileiro - chegou de volta ao Brasil querendo pelo menos R$ 1 milhão por mês, contando com direitos de imagens. Apesar de ter baixado, os números ainda estão distantes da realidade do time paulista.

A cúpula do Parque São Jorge tem como prioridade repatriar o atleta, mas já decidiu que não fará nenhuma loucura e definiu que não topa pagar nenhum centavo de luvas, tampouco de comissão para concretizar a contratação do reforço, o que pode ser um grande obstáculo para o acerto com o empresário de Nilmar.

Já por dentro do que o agente poderia pedir ao Corinthians, o presidente Mario Gobbi afirmou neste domingo, para a Rádio Jovem Pan, que o futebol brasileiro já não comporta salários nessa faixa. "Ele é um grande jogador, não precisa provar mais nada para ninguém. Mas está numa faixa salarial que o futebol brasileiro já não comporta mais. Nem o Corinthians, nem qualquer clube no país", disse.

É exatamente por esse motivo que o time paulista entende estar sozinho hoje na briga pelo atacante. Os dirigentes do alvinegro receberam a informação de que o Internacional já abriu mão da negociação, por não ter condições financeiras de suportar os gastos com ele.

Sendo assim, o Coritnhians vai tentar diminuir os valores para poder contar com Nilmar ainda neste ano, mais uma opção para o setor ofensivo da equipe de Mano Menezes, que já conta com Guerrero, Romero, Luciano, Romarinho e Malcom, que veio da base, mas não alimenta muitas esperanças.

Questões jurídicas

Os dirigentes do time paulista ainda não sabem, por exemplo, quais serão as condições jurídicas de Nilmar, depois da saída do Al-Jaish. Por conta da janela de transferência do Brasil, que fechou no último dia 14, há algumas questões que precisam ser verificadas para confirmar que o jogador estaria de fato liberado para vestir a camisa do Corinthians, ou de qualquer outra equipe brasileira.

Em entrevista à Rádio ESPN, há algumas semanas, Orlando garantiu que ele está livre e pode, sim, acertar com qualquer time que quiser, sem nenhuma restrição. Disse que o atleta havia sido procurado por vários árabes, que estava desempregado e que iria tirar passaporte europeu, para eventuais propostas.

A reportagem tentou falar com o agente novamente, mas não teve nenhum retorno até a publicação da matéria.

Fonte: ESPN

Corinthians se divide internamente por dois zagueiros para reforçar o elenco



Vilson e André Dias são analisados
pelo Timão (Foto: Arquivo LANCE!)

O Corinthians está entre dois nomes para fechar a zaga para o restante da temporada: Vilson, ex-Palmeiras, e André Dias, ex-Lazio e São Paulo. Os dois defensores dividem opiniões de membros da comissão técnica e da diretoria, que admitem que o elenco precisa de mais um zagueiro para a equipe seguir firme na briga por títulos, uma vez que o então titular Cleber foi vendido há pouco mais de uma semana.

Vilson não atua desde outubro, quando uma tendinite o afastou dos gramados enquanto ele ainda era do Palmeiras. No início deste ano, chegou a ser anunciado pelo Cruzeiro, mas foi reprovado nos exames por um problema na cartilagem. Ele fez tratamento na Toca da Raposa até maio e, depois, optou pelas instalações do CT Joaquim Grava. A expectativa é que ele já esteja em condições de jogo no próximo mês. A ala a favor avalia que ele tem qualidade para brigar pela titularidade e que, com 26 anos, ainda tem futuro e pode render lucros no futuro. A ala contra teme que sua condição física o impeça de jogar em alto nível neste ano.

No caso de André Dias, o jogador está sem clube desde o meio do ano, quando encerrou seu contrato com a Lazio (ITA). Sua qualidade técnica e experiência contam a favor, mas quem é contra destaca que ele já tem 35 anos, não está no auge físico e teria vida curta na carreira. Portanto, seria uma opção para curto prazo. Seu nome foi apresentado no clube e agradou, mas as chances de acerto já foram maiores do que as atuais.

Hoje, a zaga titular é formada por Gil e Anderson Martins. O primeiro foi convocado para a Seleção Brasileira e, se agradar, será desfalque da equipe pelos próximos anos. No elenco, Mano ainda conta com Felipe, que não inspira confiança para ser titular, e o jovem Pedro Henrique, que subiu da base neste ano.

VILSON X ANDRÉ DIAS

NOME
Vilson Xavier de Menezes Júnior

NASCIMENTO
3/4/1988 (26 anos), em São Gonçalo, Rio de Janeiro

POSIÇÃO
Zagueiro

CLUBES
Madureira (2006), Vasco (2007/2009), Vitória (2010), Grêmio (2010/2013) e Palmeiras (2013)

TÍTULOS
1 Série B em 2009 (Vasco) e 1 Série B em 2013 (Palmeiras)

NOME
André Gonçalves Dias
NASCIMENTO
15/5/1979 (35 anos), em São Bernardo do Campo, São Paulo

POSIÇÃO
Zagueiro
CLUBES
Paraná (1999/2001), Flamengo (2002/2003), Paysandu (2003), Goiás (2004/2005), São Paulo 
(2006/2010) e Lazio (2010/2014)

TÍTULOS
Campeonato Brasileiro de 2006, 2007 e 2008 (São Paulo) e Copa da Itália de 2013 (Lazio-ITA)

POR QUE VILSON?
Idade
Com 26 anos, tem idade para fazer um contrato longo e entraria na cota de renovação do grupo, iniciada neste ano.

Situação/lesão
Recupera-se de grave problema na cartilagem do joelho esquerdo, não joga desde outubro de 2013.

Chance de venda
Já teve proposta da Europa e pode gerar lucro no futuro.

Experiência
Só jogou no Brasil.

POR QUE ANDRÉ DIAS?
Idade
Com 35 anos, já está perto de encerrar a carreira de atleta. Deve fazer contrato curto.

Situação/lesão
Está sem clube desde julho. Não atua em alto nível desde o fim de 2013, mas não teve lesão grave recentemente.

Chance de venda
Nenhuma, já que não tem mais mercado na Europa e, por isso, voltou para o Brasil.

Experiência
Jogou quatro anos na Itália.

Fonte: Lancenet

Gobbi descarta Nilmar: 'Salário já não comporta mais no futebol brasileiro'



Nilmar - El-Jaish (Foto: Divulgação/El-Jaish)
Se Nilmar não diminuir a pedida salarial, o Corinthians não terá condições de trazê-lo nem fará uma proposta para o atacante. O aviso foi dado pelo presidente Mário Gobbi Filho, neste domingo, em entrevista à rádio Jovem Pan.

De acordo com o mandatário do Timão, o clube não terá condições de se enquadrar no desejo do centroavante e de seu empresário Orlando da Hora. Nem o Corinthians nenhum qualquer outro clubedo país, de acordo com Gobbi.

- O Nilmar é um grande jogador, ele não precisa provar nada para ninguém. Mas o Nilmar atinge uma faixa de salário que o futebol brasileiro já não comporta mais. Esse é o entrave. Eu nem comecei uma conversa, mas eu sei que vou esbarrar neste problema. Não dá mais para pagar salários astronômicos porque todos estão vendo como os clubes estão e nós temos que pensar no todo, e não em questões pontuais - lembrou.

Em relação ao desperdício milionário da primeira passagem de Nilmar no Parque São Jorge, que incluiu um prejuízo de mais de R$ 25 milhões num imbróglio que envolveu a MSI, Mário Gobbi Filho garantiu que não há nenhum ressentimento.

- Não, não tem nenhuma mágoa. O que houve foi uma falha, um erro do departamento do Corinthians da época. O Corinthians pagou e não levou. O jogador não tem culpa disso. O tempo passou, eu tentei trazê-lo de volta no primeiro ano da minha gestão e não deu certo. Tinha que pagar oito milhões de euros para o Villarreal para trazê-lo. O Corinthians perdeu dinheiro, e muito, mas por culpa do Corinthians - frisou o presidente corintiano.

Fonte: Lancenet

Zagueiro ex-São Paulo está perto do Corinthians



O Corinthians já escolheu um substituto para o zagueiro Cleber, que se transferiu para o Hamburgo, da Alemanha. Trata-se do ex-são-paulino André Dias, de 35 anos, e que se mudou para a Lazio em 2010.

O contrato com a equipe italiana terminou em junho e André Dias ficou livre. Nas últimas semanas, ele teve convites para jogar em três times pequenos da Itália, mas decidiu que só seguiria no país se fosse para jogar na cidade de Roma.

Enquanto aguardava, André Dias foi procurado por um representante do Corinthians. A conversa rendeu e restam apenas alguns detalhes para que sua contratação seja anunciada, como o tempo de contrato.

O fato de estar livre facilita o acordo, já que o Corinthians só terá de gastar com salários. Cleber saiu do Parque São Jorge sem render qualquer centavo, já que o clube não tinha participação nos direitos do zagueiro.

Antes da transferência para a Itália, André Dias colecionou títulos e prêmios com a camisa do São Paulo. Esteve no tricampeonato brasileiro, em 2006, 2007 e 2008, ganhou das Bolas de Prata e foi eleito para a seleção do campeonato em 2009.

Fonte: IG

Com desfalques, Corinthians busca zagueiro para manter melhor defesa



Anderson Martins e Gil formam dupla contra o Goiás (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
A venda de Cléber para o Hamburgo, da Alemanha, e a expectativa de novas convocações de Gil para a seleção brasileira devem fazer a diretoria do Corinthians se mexer quando achava que o elenco estava definido para o resto da temporada. Com poucas opções no setor defensivo, o clube pretende ir ao mercado para buscar, ao menos, um bom reserva para a melhor defesa do Campeonato Brasileiro, com sete gols sofridos em 15 jogos.

A diretoria do clube vai se reunir com o técnico Mano Menezes e analisar possíveis nomes. Contra o Goiás, nesta quinta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), na Arena, apenas três zagueiros devem ser relacionados: Gil, Anderson Martins e Felipe. O garoto Pedro Henrique, revelado pelas categorias de base, “desceu” para disputar jogos com a equipe sub-20.

Uma dificuldade é a janela internacional de transferências, fechada semana passada. Assim, as opções para o Corinthians se limitam a jogadores da Série A que tenham disputado menos de sete partidas, ou nomes que atuam em outras divisões do futebol brasileiro. Sabendo disso, a diretoria mantém a cautela. Mano também.

- Não vou falar em nomes porque não tem sentido falar desse ou daquele. Vamos analisar internamente, tentar fazer o melhor para o clube, é isso que vai ser determinante para a chegada de um novo jogador - resumiu Mano Menezes.

O Timão não tinha a intenção de vender qualquer jogador até o fim do ano, mas o caso de Cléber é bem específico. O clube ficou de “mãos atadas” pelo fato de não possuir qualquer porcentagem dos direitos econômicos do jogador, repassado ao Corinthians por seus empresários.

Nesta negociação, Cléber foi vendido por R$ 9,3 milhões, mas o Corinthians não terá direito a compensação financeira.
A situação poderia ser ainda pior se Anderson Martins não tivesse sido contratado durante a Copa do Mundo. Ele chegou do El Jaish, do Catar, mas demorou a acertar a questão salarial. Na época, o Corinthians demorou para anunciar o reforço por causa da definição desses últimos detalhes.

Fonte: Globo Esporte

Internacional desiste de Nilmar e Timão fica livre para ter atacante



Nilmar não vai mais acertar com o Internacional, sendo assim só o Corinthians continua na disputa para repatriar o atacante. A informação foi repassada pelo jornalista Oscar Ulisses e dada originalmente por Raphael Prates.

Confira abaixo:

Ex-Palmeiras treina no Corinthians e causa boatos



Vilson treina no CT Joaquim Grava, do
Timão (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

Ex-zagueiro do Palmeiras e atualmente sem clube, Vilson treina de forma independente no centro de treinamento do Corinthians. Auxiliado por Joaquim Grava, médico do Timão, o defensor de 25 anos de idade faz tratamento para se recuperar de uma lesão no joelho.

Curiosamente, o Corinthians do técnico Mano Menezes vive uma fase "complicada" no que diz respeito à defesa. No início da semana, o clube perdeu o zagueiro Cleber para o Hamburgo (ALE). Na última terça-feira, Gil foi convocado para a Seleção Brasileira e será desfalque para ao menos três jogos no próximo mês.

Questionado se seria interessante para o Corinthians contratar Vilson, Mano Menezes desconversou e preferiu não cravar qualquer posição do clube sobre o zagueiro. O treinador, em entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava, esboçou um sorriso e explicou o procedimento do clube para contratar novos atletas.

– Não vou falar em nomes porque não tem sentido expor nenhum tipo de atleta como o caso do Vilson. Vamos analisar aquilo que precisamos analisar internamente. É isso que vai ser determinante para a chegada de um novo jogador – explicou o comandante alvinegro.

Fonte: Lancenet

Cristian pode estar voltando ao Timão



O volante Cristian não é mais jogador do Fenerbahce. O contratro do jogador se encerrou nesta terça-feira e o clube optou por não renovar, já que o brasileiro não estava sendo tão aproveitado no elenco. Aziz Yıldırım, presidente da equipe, agradeceu ao jogador pelos cinco em que vestiu a camisa amarela e preta.

"Nossas portas sempre estarão abertas. Este clube não irá se esquecer de seus serviços. Muito Obrigado", disse o mandatário.

Nos últimos anos, a equipe do Corinthians sempre se mostrou interessada em contar novamente com o jogador, porém, o clube turco optou por não liberá-lo. Agora, sem contrato, o volante pode voltar ao clube onde atuou nos anos de 2008 e 2009, ou pode optar em continuar na Turquia, já que o Besiktas, clube que disputa a Liga dos Campeões, também mostrou interesse no atleta.

Cristian tem 31 anos e também já vestiu a camisa do Paulista, Atlético/PR e Flamengo. Na Turquia conquistou cinco títulos, dentre eles dois campeonatos turcos e duas Copas da Turquia.

Fonte: FutNet

Após contato preliminar, Corinthians espera empresário de Nilmar



Nilmar interessa ao Corinthians (Foto: Divulgação/El-Jaish)
O Corinthians ainda espera um contato do empresário Orlando da Hora para fazer uma proposta a Nilmar. O clube ouviu de seu staff que ele primeiro resolveria as questões burocráticas da rescisão com o El-Jaish (QAT) para, depois, começar a negociar seu futuro. Neste momento, ele mantém a forma em Porto Alegre.

O Corinthians mantém interesse, pois acha a contratação uma excelente oportunidade, uma vez que o atacante chegaria sem custos de transferência – apenas de salário e luvas. Sua chegada tem o aval do técnico Mano Menezes, que bate na tecla dos desfalques durante o Brasileirão para a chegada de mais um homem de frente. Aos 30 anos, ele é considerado o nome ideal do momento.

Fonte: Lancenet

Nilmar vem aí e Timão já pensa em novo zagueiro após saída de Cleber



Cleber foi negociado e deixará uma lacuna no elenco; clube pode buscar substituto | Rodrigo Coca / Ag. Corinthians
O Corinthians segue atento às movimentações de mercado e, embora prometa não fazer nenhuma loucura, ainda pode se reforçar. Depois de ter encerrado seu ciclo de contratações, o clube aguarda Nilmar resolver sua pendência no Qatar e pensa em reforçar o elenco com um zagueiro, mas sempre sem abrir muito o bolso.

A avaliação da direção de futebol é que os principais reforços, aqueles pelos quais valia gastar, já chegaram. Elias, Romero, Lodeiro e Anderson Martins foram contratados para reforçar o time no segundo semestre e, em tese, supriram as necessidades principais do elenco.

O problema é que Mano quer mais. Guerrero, Lodeiro e Romero têm perspectivas de serem convocados pelas seleções de seus países. Para se antecipar a isso, pediu um novo atacante à diretoria. Mais especificamente, quer Nilmar – chegou a rejeitar o nome de Jonas, ex-Grêmio.

Só que o atacante campeão brasileiro pelo próprio Corinthians ainda não resolveu sua pendência com o El Jaish, do Qatar. O estafe do jogador está no Oriente Médio desde semana passada acertando os detalhes da rescisão, que foi anunciada pelo clube no fim do mês passado – Nilmar cobra valores devidos pelos antigos patrões.

A direção do Corinthians, como publicou o blog do Perrone, não gostou de ver Mano discutindo a contratação na imprensa. Embora entenda o drama dos convocados, os cartolas avaliam que não vale a pena pagar caro ou entrar em leilão por Nilmar. Se o caminho for esse, dizem eles, o treinador terá de se virar com o elenco que tem até o fim do ano.

A lógica é a mesma que será usada na busca por um zagueiro. O Corinthians quer ter cinco defensores em seu elenco. Cleber está na Alemanha fazendo exames médicos no Hamburgo, que pagará 8 milhões de euros (R$ 24 milhões) pelo jogador – nenhum centavo ficará com o clube, que não tinha direitos sobre o atleta. Com isso, Mano tem Gil, Anderson Martins, Felipe e Pedro Henrique.

O primeiro já foi convocado para a seleção. Anderson é o potencial titular, mas Felipe é atacado pela torcida e Pedro Henrique muito jovem. O Corinthians, então, pode buscar um novo zagueiro no mercado. Novamente, porém, não se pretende gastar muito ou trazer um titular absoluto. A ideia é compor o elenco, de acordo com as opções apresentadas.

Fonte: UOL

 
Veículo de notícias sobre o Sport Club Corinthians Paulista | Todos os direitos reservados © 2012 - 2014. Timão do povo - Notícias do Corinthians