2

Cássio discorda de repórter sobre derrota e vê Aranha herói do jogo: "Inspirado"

A derrota por 1 a 0 diante da Ponte Preta preocupa os torcedores do Corinthians. Além disso, o fraco futebol apresentado pelo líder da competição também é outro problema aparente nos últimos jogos da equipe na competição. A diferença do Timão para o vice-líder Palmeiras, inclusive, pode cair para três pontos na segunda-feira, quando os alviverdes recebem a Raposa, no Pacaembu.

Ainda assim, o goleiro Cássio não atribuiu a sexta derrota no segundo turno ao mal futebol apresentado pela equipe no returno. Para Cássio, o revér diante da Ponte Preta se deu por conta da ótima atuação do goleiro Aranha.

"Discordo de você. Hoje, não. O Aranha estava num dia inspirado. Dominamos o segundo tempo. Podia ficar mais uma tarde inteira jogando que não ia passar nada lá. O Aranha fez uma grande partida", disse.



De fato o goleiro Aranha se destacou no confronto. O arqueiro da equipe de Campinas praticou pelo menos quatro defesas difíceis no segundo tempo, mas pouco trabalhou na primeira etapa para o apático Corinthians.

O volante Gabriel foi outro a comentar sobre o resultado da partida. Após o apito final do árbitro, os jogadores do Corinthians se reuniram no gramado e agradeceram o apoio da Fiel. Ele explicou. "Nos momentos bons e ruins a equipe está junta e fechada para ser campeã", cravou.

Clayson, atacante que entrou no segundo tempo e mudou a cara do Corinthians, também comentou sobre os perigos de perder o título que estava encaminhado. "Não pode deixar cair, só depende da gente", analisou.

Confira abaixo outras declarações de corinthianos

PABLO
"A ideia de deixar o time mais ofensivo funcionou, infelizmente não fizemos o gol. O Aranha estava em uma tarde inspirada.""Tem que ter tranquilidade. É uma equipe gigantesca com uma torcida apaixonada que cobra. Estão no direito deles. Tivemos uma queda de rendimento e voltar a ter uma tranquilidade que tínhamos antes."

CARILLE
"No segundo tempo propomos o tempo todo, mas infelizmente, não fizemos o gol. O campeonato sempre esteve aberto, nada decidido."

Cássio nos vestiários do Moisés Lucarelli | Foto: Agência Corinthians


COMPARTILHE A NOTÍCIA: