2

Arana dá receita para vencer ex-time e fala de comparação com Marcelo

Arana em coletiva nesta terça | Foto: Marcelo Braga / Globo Esporte

Entrevistado do dia no CT Joaquim Grava, o lateral-esquerdo Guilherme Arana falou sobre a próxima partida do Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, diante do Atlético-PR, quarta-feira, às 21h (de Brasília), na Arena da Baixada.

A partida não é apenas mais uma na carreira do atleta alvinegro. Foi justamente no Atlético-PR que Arana, emprestado pelo Timão em 2015, jogou o primeiro Campeonato Brasileiro profissional da carreira. Perguntado sobre como vencer a ex-equipe, ele deu a receita.

"Lembro bem. Fábio Santos e Uendel estavam aqui em 2015, eu não teria oportunidade e fui ao Atlético-PR. No meio do ano, o Fábio foi para o México e eu retornei. Experiência boa, aprendi várias coisas lá, disputei meu primeiro campeonato como profissional lá. Vai ser difícil, torcida empurra até o final, mas estamos nos cuidando e vamos fazer um grande jogo", disse Arana.



"Jogar contra o Atlético-PR é muito difícil. Joguei lá, o estádio fica lotado, a torcida empurra até o final. Temos de estar preparados para todas as situações. Tratamos esse jogo como mais uma final. Temos de desempenhar um bom futebol para sair com os 3 pontos", completou o lateral.

Arana também respondeu sobre a comparação com o lateral Marcelo, do Real Madrid. Nesta terça-feira, um jornal espanhol o colocou na mira do Barcelona e o comparou ao titular da Seleção Brasileira. Para o defensor, a diferença de qualidade é incomparável.

"Não tem comparação. Ele é outro nível. Claro que sou jovem e vou evoluir, fico feliz de ser chamado de novo Marcelo, ele é de outro mundo, muita qualidade. Mas fico com a cabeça no lugar", argumentou o atleta.

"Marcelo, Roberto Carlos que já parou, esses caras são de outro mundo. Você vê o Marcelo jogando e parece que está brincando de tanta qualidade. Eu estudo bastante, sou jovem e procuro aprender com os melhores. Está em alto nível e claro que sempre acompanho e tento pegar algumas jogadas que ele faz", concluiu.




COMPARTILHE A NOTÍCIA: