2

Clayson nega que desabafo de Neto tenha sido combustível para o hepta

Foto: Agência Corinthians

Neto não foi personagem do título alvinegro. Considerado por muitos torcedores do Timão como um dos responsáveis pela conquista mesmo aposentado dos gramados após desabafar ao vivo no programa Os Donos da Bola, o apresentador não foi o principal fator, segundo Clayson, atacante do Corinthians.

"Cara é corintiano roxo, acabou desabafando ali, mas a gente procurou não deixar no vestiário isso", disse à ESPN.

Para Clayson, o principal fator para a volta por cima dos atletas que estavam em má fase até a vitória por 3 a 2 sobre o Palmeiras, em Itaquera, foi a Fiel.



"Foi arrepiante. Foi algo inexplicável. Quando a gente viu aquela multidão, a gente falou 'não podemos deixar escapar o que a gente fez, temos que dar nossa vida porque o torcedor está do nosso lado'. Foi algo que acabou nos fechando mais ainda. A gente entrou com sangue no olho contra o Palmeiras, como tinha que ser, e conseguimos conquistar esse título tão importante", lembrou.

Apesar de dar créditos ao torcedor corinthiano, Clayson admitiu que alguns jogadores assistiram o desabafo de Neto. "Acho que alguns jogadores acabaram vendo sim. Não se foi muito comentado no vestiário, mas acho que a parte principal foi naquele treino antes do jogo contra o Palmeiras, que a torcida invadiu o estádio. A gente sabia que seria o jogo da vida. Conseguimos retomar o caminho das vitórias e coroar esse título importante", comentou.


COMPARTILHE A NOTÍCIA: