2

Com 17 anos, Jô fez gol da vitória contra o Palmeiras e tirou onda de goleiro rival



"Não vamos crucificar o garoto."

Foi exatamente da seguinte maneira que o atacante Jô, em 2004, com apenas 17 anos e em uma de suas primeiras partidas pelo profissional do Corinthians, comentou o gol da vitória marcado diante do goleiro Sérgio, do Palmeiras, na época com 34 anos, o dobro do então garoto Jô.



A vitória alvinegra ajudou a equipe corinthiana na campanha de recuperação em 2004, sob o comando do técnico Tite. Na época, o treinador ídolo da Fiel, pegou o Timão brigando contra o rebaixamento e terminou a competição na quinta colocação.

Muitos dizem que Jô cometeu gafe ao chamar Sérgio de "garoto", outros falam em 'zoação' do atacante com o goleiro rival. (assista abaixo)



COMPARTILHE A NOTÍCIA: