Gerente revela cobrança interna e avisa sobre Dérbi: "Compromisso é fazer grande jogo" - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Gerente revela cobrança interna e avisa sobre Dérbi: "Compromisso é fazer grande jogo"

Foto: Marcelo Braga | Globo Esporte

Cobranças, críticas e mudanças. As três principais palavras do Corinthians nos últimos dias foram faladas pelo gerente de futebol Alessandro Nunes, em coletiva, nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava.

Ao lado do diretor Flávio Adauto, o gerente foi questionado sobre a importância da partida diante do Palmeiras, domingo, em Itaquera. "Jogo de segurança, de lealdade. O compromisso dos atletas será de fazer um grande jogo. Foi assim a temporada toda e vai ser novamente", disse Alessandro.

Perguntado sobre a cobrança interna, Alessandro preferiu não expor o que foi conversado, mas deixou claro que existiu reuniões com o elenco e comissão técnica.



"São assuntos discutidos internamente. Conversamos, e não vamos ficar expondo. As pessoas são inteligentes. As coisas estão claras, não estamos mascarando ou escondendo. A queda é natural, coletiva ou individual", declarou.

O ex-lateral alvinegro também comentou sobre as fases de Rodriguinho e Jadson. O gerente preferiu minimizar as críticas direcionados aos dois meio-campistas.

"Rodriguinho e Jadson não são os maiores culpados. E nem vão ser em relação ao título, ao Paulista. Não foi o Arana que deu a vitória no primeiro clássico. Foram também Cássio e os quatro de trás. É um discurso de grupo", argumentou Alessandro.

O Corinthians joga contra o Palmeiras no próximo domingo, às 17h (de Brasília), em Itaquera, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

CONFIRA ABAIXO OUTROS TRECHOS DA COLETIVA

ADAUTO SOBRE CARILLE
"Independentemente até da campanha. Quando decidimos renovar, foi no Paulista. No começo do Brasileiro, falamos para o Carille de novo. E conseguimos que ele topasse. Carille pediu: faz o contrato, coloquem os valores que eu assino. Esse despreendimento vem com competência. Não vamos julgar o trabalho se foi campeão ou não. Temos um projeto a longo e médio prazo."

ADAUTO SOBRE ANDERSON DARONCO, ÁRBITRO DA PARTIDA
"Não estamos preocupados. Um árbitro experiente, que tem potencial muito grande, que já mostrou ser muito competente. Que errou em jogos do Corinthians, como em outros. Que tenha uma grande arbitragem, que não interfira no resultado do jogo. Três erros crassos nos jogos do Corinthians, mas todos dos bandeiras. Que acerte para os dois lados."

PRESSÃO INTERNA EXISTE? ADAUTO RESPONDE

"Eu não estou vendo essa pressão. É muito mais externa que interna. Uma discussão em campo eu vejo bem, um camarada quer bater uma falta. Esse tipo de coisa é corriqueira. Acontece tão pouco no Corinthians. Um fato que passou, mas foi positivo. Mas pressão? Tenho visto externo, o acompanhamento da pontuação: "Tem 15, 13, 10". Isso não tem trazido desconforto para ninguém. A gente conversa com eles todos os dias."

MAIS ADAUTO...

"Teve gente falando tem que trancar os jogadores, não. É normal o torcedor estar receoso, com medo de perder algo que externamente disseram que não estava ganho. Quem mais não quer ser campeão neste time? Ninguém quer mais esse título que os jogadores. O resultado de segunda seu mais segurança, mas não mais tranquilidade"


COMPARTILHE A NOTÍCIA: