Marquinhos se emociona com hepta do Timão e fala em retorno: "Eu gostaria" - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Marquinhos se emociona com hepta do Timão e fala em retorno: "Eu gostaria"

Titular da Seleção Brasileira e do PSG, da França, o zagueiro Marquinhos, revelado no Corinthians, vive momento mágico na carreira. Atuando ao lado de Neymar, o defensor vive a expectativa de disputar a Copa do Mundo, mas não esquece de suas raízes.

Ao globoesporte.com, o zagueiro falou do Corinthians e revelou ter acompanhado o Timão na temporada, inclusive a partida do título, diante do Fluminense.

"Comemorei bastante. Fiquei assistindo ao jogo (do título, 3 a 1 sobre o Fluminense), foi emocionante. O Corinthians saiu perdendo por 1 a 0, depois acabou virando, com dois gols do Jô, depois fechou com o gol do Jadson. Eu estava ali na expectativa. Participei do título de 2011, estava treinando com os profissionais, então sei o quanto é gostoso e difícil ganhar o Campeonato Brasileiro, principalmente no momento que o Corinthians vinha, oscilando um pouco. Nesse final de campeonato, conseguiu retomar a confiança. Realmente fico muito feliz por eles", disse Marquinhos.

Marquinhos também foi questionado sobre um futuro retorno ao clube que o revelou. O defensor afirmou o desejo de retornar um dia ao Timão.



"Eu gostaria (de voltar ao Corinthians no futuro). Fica esse gostinho de querer atuar no clube pelo qual você tem carinho e amor", declarou.

"Joguei 10 anos na base e fiquei somente um ano treinando com o profissional, seis meses efetivado. Acabou sendo pouco, mas teve que acontecer. Não fico decepcionado com nada que aconteceu no meu passado. Tenho muita gratidão pelo Corinthians, sou muito feliz por tudo o que fizeram por mim. Mas graças a Deus tudo aconteceu da maneira certa para que eu possa estar aqui hoje", completou o zagueiro.

Por fim, Marquinhos se declarou ao Corinthians. O zagueiro lembrou que sempre foi torcedor alvinegro e mostrou gratidão pelo ex-clube.

"Sempre fui corintiano. Estava no Corinthians desde os oito anos, que é quando a gente começa a entender da vida e de futebol. O Corinthians sempre me trouxe muita coisa boa, me formou como homem e como jogador. Por toda a gratidão, sempre torci pelo Corinthians e vou continuar torcendo", finalizou.

Reprodução: Globo Esporte


COMPARTILHE A NOTÍCIA: