2

Põe no DVD? Palmeiras vai reclamar da arbitragem do Dérbi na CBF

FOTO: Fellipe Lucena

O Palmeiras não aceita a derrota diante do maior rival Corinthians por 3 a 2 no último domingo, em Itaquera. Através do presidente Maurício Galiotte, a equipe alviverde informou que entrará com uma representação contra Anderson Daronca, árbitro do clássico.

A alegação dos palmeirenses acontecem em dois lances: impedimento de Ángel Romero no primeiro gol corinthiano, e a entrada do volante Gabriel ao campo de jogo sem autorização do árbitro após atendimento médico. Na ocasião, o meio-campista já tinha um amarelo e poderia ter sido expulso.



"Faremos a reclamação à CBF. Nós temos um relatório, vamos preparar todas as informações, um vídeo. E vamos nos posicionar, porque é um clássico importante, jogo decisivo e não pode ter erro. Do mesmo jeito que todos os senhores nos cobram de planejamento e contratação, quando chegamos a uma situação dessas, estamos expostos ao erro de um árbitro que muda a partida. Não digo que o Corinthians não jogou bem, mas é um fato", disse o presidente palmeirense.

A reclamação do Palmeiras continuou com os jogadores da equipe. O volante Moisés foi um dos que reclamaram de Anderson Daronco. "Ele [árbitro] errou. Não teve coragem de expulsar", disse o meia.

Com a vitória, o Corinthians alcançou os 62 pontos e abriu oito de vantagem para o Palmeiras (54) e quarto colocado da competição.


COMPARTILHE A NOTÍCIA: