Timão explica situações de emprestados, fala em reforços e revela saída de titulares - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Timão explica situações de emprestados, fala em reforços e revela saída de titulares

Marlone não sabe se fica no Timão em 2018 | arquivo

O diretor de futebol Flávio Adauto, do Corinthians, explicou as situações de jogadores emprestados, reforços e possíveis perdas no atual elenco titular.

Ao canal fechado Fox Sports, o diretor falou das situações de jogadores como Lucca, emprestado à Ponte Preta, e Marlone, no Atlético-MG. Adauto afirmou que apenas depois da reapresentação desses atletas é que o clube pensará em reforços.

“Nós queremos esperar terminar o Brasileiro, ver todos os contratos que estão sendo reformados, as situações de cada jogador. Temos 14 jogadores que estão fora e que ainda vão se apresentar como o Lucca, Marlone, Yago, Mendoza. Então nós teremos que olhar a situação de todos esses jogadores, porque são seres humanos. Nós temos que respeitar o trabalho de cada um. Depois de encaminhar as situações de alguns que não devam ficar, aí sim vamos pensar em reforços”, disse.



Perguntado sobre reforços, o diretor revelou que o clube trabalha há dois meses nesse sentido. O nome de Roger, especulado no Timão nas últimas semanas, também virou assunto.

“Estamos trabalhando nisso há uns 60 dias. Nós precisamos de um lateral-esquerdo, mais alguém para o meio de campo, mais um atacante. A gente pensava no Roger, mas depende deles também. A gente não vai atravessar nada com o Botafogo. Por gratidão, por gostar do clube, se ele quiser ficar lá, vai ficar. Mas se quiser vir, sabe que está à disposição. Mas estamos vendo uma série de outros nomes. Todo mundo sabe: nós não temos muito dinheiro. Mas nós temos uma vitrine que poucos times do Brasil têm. O camarada vem para cá, passa a ter um mercado maior na Europa, valorização”, argumentou.

Por fim, o diretor alvinegro afirmou que dois ou três titulares não estarão no elenco em 2018. “Fatalmente nós vamos acabar perdendo dois ou três titulares. Nós já acertamos por quatro anos com o Fagner, já acertamos a permanência do Cássio, acertamos com o Camacho, estamos em conversas finais com o Pablo, e tem a proposta do empresário do Guilherme Arana, que virá aqui na semana que vem. A defesa será praticamente a mesma deste ano, e ainda com alguns reforços. Se aparecer alguma coisa para algum jogador, nós vamos discutir. Se você perde dois ou três jogadores, mas repõe, aí tudo bem”, finalizou.


COMPARTILHE A NOTÍCIA: