2

Em entrevista sensacional, Kazim compara Corinthians com droga; entenda

Agência Corinthians

Até o momento o centroavante do Corinthians para 2018, o inglês naturalizado turco Kazim concedeu entrevista ao Lance! e mostrou mais uma vez a personalidade peculiar que conquistou a Fiel.

Perguntado sobre a força do Corinthians, Kazim comparou o Timão com uma droga. "Eu sinto a força do Corinthians, me sinto muito maior quando estou jogando. Você fica dois metros e meio mais alto. 200 quilos mais forte, pode brigar com tudo. É como você tomar uma droga, dá muita força para você", declarou.

O atacante não poupou elogios ao torcedor alvinegro. Kazim classificou a Fiel como "fenômeno", e até soltou um palavrão na resposta.



"A torcida, mano. Não posso explicar, eles são um fenômeno, incrível. Eu falo para todos os jovens, que quando saírem daqui, vão se arrepender. Tudo bem, você vai ganhar mais dinheiro, ok, é sua vida. Mas aqui é outra coisa, uma religião. Foi assim quando saí de Galatasaray: "Porra, porque fiz isso". E me arrependi também. São parecidos", disse.

Chamado de 'gringo da favela', Kazim tem história de vida parecida com a de muitos brasileiros nascidos na periferia. Na Inglaterra, a maioria dos amigos do atacante são envolvidos com coisas ilícitas e não podem deixar o país.

"Meus amigos colocam os gols, de jogo no Instagram, no Twitter. Eles ficam felizes. Porque eles se sentem mal também. E eles sempre torcem por onde estou. São fanático. Querem vim aqui agora, mas eles têm problemas, não podem sair do país", revelou Kazim, antes de explicar. "Ahhh, é problema deles, (risos). Tentam sair, mas aí a polícia pega eles. Então falamos só pelo WhatsApp", completou.



COMPARTILHE A NOTÍCIA: