2

Carille descarta reforços até dia 3 de fevereiro; entenda

O torcedor corinthiano terá que se contentar com Kazim no ataque do clube pelo menos até o dia 3 de fevereiro, data das eleições presidenciais do clube. Pelo menos é o que afirma o técnico Fábio Carille em entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0 sofrida diante da Ponte Preta, quarta-feira, pela estreia do Paulistão.

Carille disse que é preciso blindar os jogadores do atual elenco e deixou claro que a 'cereja do bolo' não chegará até depois das eleições.



"Sobre outras equipes, não tenho com o que me preocupar. Ano passado também teve isso, muita gente contratando, e a gente quietinho. Cada um tem sua situação financeira. Eu sei qual é a do Corinthians. Deixei claro que não chegaria cereja do bolo e não vai chegar até a eleição de 3 de fevereiro. Tenho que blindar esses meninos, são jovens, e não é fácil jogar no Corinthians. Tenho que estar ao lado deles", declarou Carille.



A tal 'cereja do bola' citada por Carille seria o atacante Henrique Dourado. De acordo com o globoesporte.com, pessoas próximas ao atleta garantem que ele jogará no Corinthians ainda em 2018. O gerente de futebol Alessandro Nunes, em entrevista recente, disse que o atleta pode sim vestir a camisa alvinegra, mas não nesse momento.

Foto: Agência Corinthians




COMPARTILHE A NOTÍCIA: