2

Pablo descarta mágoa, e se derrete pelo Corinthians e por Carille

Foto: Agência Corinthians

A saída conturbada do zagueiro Pablo após conquistar Paulistão e Brasileiro pelo Corinthians, ambos em 2017, não abalou a relação do atleta com o clube alvinegro. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o defensor abriu o coração, mostrou respeito pelo Timão, e se declarou.

Na visão de Pablo, o respeito pelo presidente Roberto de Andrade segue intacto. O defensor ainda afirmou não guardar mágoa do clube.



"O futebol tem disso. Respeitei, tenho de respeitar, eu era um funcionário, mas ninguém concorda com isso. Respeito o presidente do Corinthians [Roberto de Andrade] e sempre vou respeitar. Não guardo mágoa de ninguém, vida que segue. Vou levar para a minha vida as coisas boas que vivi no Corinthians, foram muitas coisas boas em pouco tempo", disse Pablo.

"O que queria deixar bem claro é que sou muito agradecido ao que o Corinthians fez por mim. É o auge da minha carreira. Sobre coisas polêmicas, queria deixar de lado e falar das coisas boas de 2017. Foi um ano fantástico, só não foi perfeito porque não ganhei mais títulos", completou.






Por fim, o zagueiro agradeceu o técnico Fábio Carille. Pablo classificou o treinador como 'um cara espetacular', e que o ajudou muito a evoluir como atleta.

"Queria agradecer muito ao Carille, um cara espetacular como pessoa e profissional. Voltei ao Bordeaux como outro atleta, e devo muito pelo que aprendi com ele. Sou outro atleta, saí de um jeito e voltei de outro. Estou evoluindo. Só tenho a agradecer ao Carille por este último ano que trabalhei com ele", finalizou Pablo.


COMPARTILHE A NOTÍCIA: