Chicão explica ação movida contra o Corinthians: "Estou pedindo meu direito" - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Chicão explica ação movida contra o Corinthians: "Estou pedindo meu direito"

Chicão marcou 42 gols pelo Corinthians


A derrota sofrida na Justiça após ação movida pelo ex-zagueiro Chicão gerou grande repercussão na imprensa esportiva nesta quinta-feira (9). Ídolo do clube, o defensor se manifestou horas depois da informação publicada que teria ganho cerca de R$ 2 milhões do ex-clube na Justiça.

Ao canal fechado Fox Sports, Chicão disse que apenas reivindicou seus direitos como trabalhador, e voltou a declarar amor pelo Corinthians.

"Eu jamais ia fazer isso por coisas absurdas, até pelo carinho que eu tenho pelo clube. Fiz o que a lei me respalda a fazer, trabalhei e tenho o direito de receber. Eu entrei com relação aos 15% do que a gente deveria receber. Se o clube tivesse pago 20% na época, nada disso estaria acontecendo", declarou.



"Muitos jogadores fazem acordo, mas, no clube, ninguém me procurou. Esse processo está desde 2013 correndo, desde a época em que eu saí. Me agradeceram pelos serviços prestados e falaram que eu poderia buscar outro clube. Só estou pedindo meu direito como trabalhador", completou Chicão.

Por fim, o defensor reforçou o carinho que nutre pelo Corinthians. No clube alvinegro, Chicão conquistou oito títulos, entre eles a Libertadores e o Mundial Fifa, ambos em 2012. Ele também é o maior zagueiro artilheiro da história do Timão.

"Torço pelo clube, quando posso vou ver os jogos lá na arena, a história não vai mudar. Já está estabelecido, as pessoas às vezes não entendem, mas eu só busquei o que era de direito meu. Minha história com o Corinthians não vai mudar", afirmou.


COMPARTILHE A NOTÍCIA: