2

Goleiro e diretor do Palmeiras terão de se explicar ao TJD após declarações no Dérbi

Foto: Tossiro Neto

O goleiro palmeirense Jaílson, que acusou o Corinthians de favorecimento em Itaquera sempre que a equipe alvinegra enfrenta o Palmeiras, e o diretor Alexandre Mattos, por ter citado o árbitro Raphael Claus, serão convocados pelo Tribunal de Justiça Despostiva de São Paulo (TJD-SP) para dar explicações sobre as declarações.



Mattos, após o clássico, revelou uma conversa pessoal com o árbitro do confronto e o classificou como 'confuso'. As declarações não caíram bem no TJD.

"Falei que ele (Claus) foi confuso, a bola saiu para um lado, voltou cruzamento, teve o chute. Perguntei olhando no olho dele: 'foi você ou alguém que te falou (o pênalti)?'. Ele falou: 'fui eu', porque a perna do jogador do Corinthians estava machucada. Aí a gente fica na dúvida porque no lance do Lucas Lima ele saiu com hematomas e não voltou. Fica a dúvida o cartão no Lucas Lima antes, quando o Fagner deu uma entrada nele, também. Coisas que vamos ficar chorando e lamentar o que tem de lamentar, que é a derrota. É preparar para na hora que for do título é estar melhor e consciente de que temos de fazer diferente", disse o diretor palmeirense na ocasião.

O delegado Antonio Rolim, presidente do TJD, explicou o motivo da convocações dos palmeirenses. “Mesmo sem ler a súmula do juiz, eu já mandei convocar o goleiro. Já estamos o chamando para dar explicações sobre o que ele falou. Não interessa se ele estava no calor do jogo, mas falou demais. E, depois, mandei chamar também o diretor de futebol do Palmeiras. Ele deu uma tumultuada. Será chamado para falar o porquê ele abordou o juiz, o que ele falou", explicou.




A confusão no clássico se iniciou após um pênalti marcado ao Corinthians. No lance, o volante Renê Júnior sofre entrada forte do goleiro palmeirense Jaílson, mas o árbitro da partida não vê e deixa a jogada seguir. Na sequência, Claus visualiza a coxa do corinthiano sangrando e com um corte profundo e assinala o pênalti. Vale destacar que o Timão desperdiçou a penalidade. O dérbi, porém, terminou com vitória do Timão por 2 a 0 sobre o arquirrival.



COMPARTILHE A NOTÍCIA: