2

Goleiro Jaílson sobe o tom e detona arbitragem após derrota no dérbi paulista

Reprodução

O goleiro Jaílson, que esteve envolvido no lance do pênalti sobre Renê Júnior, se manifestou após a derrota diante do Corinthians, em Itaquera, pelo placar de 2 a 0. Para o arqueiro palmeirense, expulso após a penalidade, 'passaram a mão' no clube alviverde.



"Vou ser punido, muito punido, mas tenho que falar: passaram a mão de novo aqui dentro, de novo", disparou Jaílson. "Foi pênalti onde? Eu acho que, sim, acertei ele, mas primeiro eu acertei a bola", completou.

Fato é que o lance gerou um enorme machucado na coxa do volante Renê Júnior. Vale destacar que a regra do futebol não descaracteriza uma falta caso o atleta acerta primeiro a bola antes do adversário. "Ação temerária", quando o jogador coloca em risco a integridade do companheiro de profissão, também é jogada faltosa. Jaílson causou uma enorme ferida no meio-campista alvinegro. (clique aqui e veja)

"No lance do Lucas Lima, [o árbitro] não deu nada. Toda vez que a gente vem aqui, é assim. Passaram a faca na gente de novo", finalizou o goleiro.



COMPARTILHE A NOTÍCIA: