2

Ao vivo, Rodriguinho cobra camisa 9 no Corinthians com aviso; entenda

Foto: Divulgação

O meia Rodriguinho não aprova a formação tática imposta pelo técnico Fábio Carille nos últimos jogos. O 4-2-4 que vem surtindo efeito e vencendo partidas, causou estranhamento no jogador alvinegro. Ao programa "Bem, Amigos!", do canal fechado SporTV, o jogador corinthiano cobrou um camisa 9.



Rodriguinho mostrou-se satisfeito com a tática no clássico diante do Palmeiras, mas alertou que não está acostumado a jogar sem um homem de referência, e também não sabe se isso vai continuar dando certo nos próximos jogos. O Corinthians, vale lembrar, perdeu a última partida contra o Bragantino, pelas quartas de final do Paulistão, pelo placar de 3 a 2.

“Para mim é novidade, nunca joguei assim. Não é o que estou acostumado. Gosto mais de ir trazendo a bola de frente para uma tabela, um chute de fora, ser um homem surpresa. Mas estou tentando me adaptar. Fiquei receoso, tanto que no jogo contra o Palmeiras fiquei com medo do esquema, perguntei ‘será que vai dar certo?’. Mas que bom que deu certo, mas não sabemos como será em outros jogos, se vai dar certo”, disse Rodriguinho.

Na sequência, o meia explicou a dificuldade que tem com esse novo esquema. No 4-1-4-1, quando Jô era o centroavante, ele não precisava dominar a bola de costas. “Eu tenho que receber a bola muito mais de costa. E quando consigo girar não tenho aquele jogador de frente, só dos lados. Então tenho que tocar dos lados para poder ir para área. Antes eu tinha um pivô, que eu tocava e ia de encontro a ele ou para finalizar ou para tabelar. Isso é ma coisa que na minha humilde opinião, claro que o Carille que sabe mais, isso causa uma certa dificuldade para mim”, argumentou.




“Nós temos uma relação aberta. Mas como nos outros jogos deu muito certo, nós não tínhamos encontrado a dificuldade que apareceu no jogo de agora (contra o Bragantino), a gente manteve. Não sei agora o que o Carille vai fazer com a gente precisando reverter um resultado, precisando correr atrás. Não sei o qual alternativa ele vai querer colocar para esse jogo”, finalizou.

Corinthians e Bragantino se enfrentam no próximo dia 22 (quinta-feira), em Itaquera, às 20h (de Brasília).



COMPARTILHE A NOTÍCIA: