2

Conselheiros do Palmeiras detonam FPF e Globo, e desdenham do Corinthians

Trecho do manifesto publicado por conselheiros do Palmeiras. Leia tudo abaixo

Após as reclamações do presidente palmeirense Maurício Galiotte chegar ao nível de uma discussão com Andrés Sanchez sobre os mandos de campo do confronto quartas de final entre Corinthians e Bragantino, pelo Campeonato Paulista, foi a vez de conselheiros do arquirrival se manifestarem.



Através de manifesto, conselheiros do clube alviverde atacaram Rede Globo e FPF por conta dos mandos de jogos das quartas de final do Paulistão. Além de citarem o Corinthians, os palmeirenses alegam que o Palmeiras jogará duas vezes fora de casa nessa fase do mata-mata. Isso porque o confronto de volta diante do Novorizontino foi marcado para o Pacaembu pela Federação Paulista de Futebol. O Allianz Parque, casa do palestra, receberá eventos antes do confronto decisivo, e segundo avaliação da FPF, não terá condições de receber a partida.

A decisão da FPF não caiu nada bem nos ouvidos dos conselheiros palmeirense, que aproveitaram para atacar a imprensa e a Rede Globo.

CONFIRA ABAIXO O MANIFESTO

O Palmeiras levanta sua voz

Os torcedores e conselheiros da Sociedade Esportiva Palmeiras repelem com veemência a forma como a Federação Paulista de Futebol definiu os jogos das quartas de final. O Palmeiras, clube que mais somou pontos, jogará duas partidas fora de casa, enquanto o segundo colocado atuará duas vezes em casa com o mando cedido pelo Bragantino, único clube que optou por não utilizar o próprio campo na disputa para chegar às semifinais. Sem surpresa mas com justa ira, nós, torcedores da Sociedade Esportiva Palmeiras, tomamos conhecimento dessas datas.

Mais uma vez, os demônios de 1942 abandonaram seus infernos para assombrar e retirar os direitos do maior campeão do Brasil.





Nós, palmeirenses de todas as partes e de tantas diversidades, não podemos nos calar diante dessa infeliz manobra. Em entrevista concedida há tempos ao jornal Lance!, o jogador Alex, disse que quem manda no futebol brasileiro não trepidou em desdenhar a CBF (“uma sala de reuniões”) e botou os senhores da mídia no trono da bola. “Quem manda no futebol brasileiro é a Rede Globo”.

Os Donos da Bola e a FPF desdenharam o desempenho esportivo do Velho Palestra, primeiro colocado, e se entregaram aos caprichos e interesses puramente mercantis e monetários. Caprichos e interesses cultivados e exercidos com as bordunas do poder midiático, arbitrário e empenhado em menoscabar nosso clube. Não se trata de definição ocorrida por acaso, há um claro e inaceitável prejuízo à Sociedade Esportiva Palmeiras em tabela formulada hoje, e que, portanto, poderia e deveria ser mais justa e consentânea com o mérito alcançado em campo.

O Palmeiras não permanecerá calado nem aceitará isso com resignação. Somos filhos da Arrancada Heroica, soubemos enfrentar todas as arbitrariedades e perseguições.

Só nos resta proclamar, ainda uma vez: Avanti Palestra.

O Palmeiras levanta sua voz : Somos imponentes porque temos consciência de nossa grandeza e do que ela representa para o Brasil.




COMPARTILHE A NOTÍCIA: