2

Muricy não poupa elogios à Carille: 'Faz coisas diferentes. Um dos grandes do Brasil'

Foto: Reprodução

O ex-técnico e hoje comentarista esportivo Muricy Ramalho não poupou elogios ao técnico Fábio Carille nesta quinta-feira (01). No "Seleção SporTV", que estreou hoje o seu novo apresentador André Rizek, o ídolo do São Paulo colocou o treinador alvinegro entre os grandes do futebol brasileiro e não parou por aí nos elogios.



"Ele (Carille) faz coisas diferentes, como fez contra o Palmeiras. Isso mostra que está no caminho certo. É um dos grandes técnicos do futebol brasileiro. Teve escola boa, o Mano e o Tite. Quando fala, tem confiança. Você vê que ele está com muita confiança. E o time dele é muito bem treinado. É dificílimo fazer um gol no Corinthians. Essa escola vem de 2008, com o Mano, uma escola de marcação forte. Tem um pouco de dificuldade quando tem a bola. O que ele faz de mais importante é jogar compacto, marcando forte. Técnico tem confiança, sim, ele está em um excelente momento, e isso é importante para uma competição como a Libertadores", elogiou Muricy.

André Rizek também foi na mesma linha de Muricy. O apresentador se mostrou 'encantado' com o técnico Fábio Carille, e citou os dois clássicos como exemplo de superação e confiança do treinador.

"Estou encantado com o trabalho do Fábio Carille. Começou a temporada, e o Corinthians não estava entre os times mais badalados, mesmo sendo campeão brasileiro. Só se falava do elenco do Palmeiras, das contratações do Cruzeiro. Nos dois clássicos, foi muito bem. O Carille me parece mais confiante, mexendo mais no time", disse Rizek.




Por fim, Galvão Bueno, convidado especial da estreia do novo "Seleção SporTV", fez questão de lembrar dos perigos do Grupo 7 da Libertadores, chave onde o Corinthians se encontra. Para o narrador, o Independiente-ARG, maior campeão da competição continental, é um risco a ser avaliado.

"Não podemos esquecer que o Independiente é o campeão de títulos da Libertadores. Se deu ao luxo de colocar o nome em seu estádio de Libertadores da América. É um time que às vezes não está tão bem, mas quando vai jogar um campeonato na América do Sul, se supera", lembrou Galvão.

O Corinthians volta a atuar pela Libertadores no próximo dia 14 de março, em Itaquera, diante do Deportivo Lara.



COMPARTILHE A NOTÍCIA: