2

Romero e Balbuena divergem sobre recusa à Seleção Paraguaia; veja declarações



Convocados pela Seleção Paraguaia para o amistoso diante dos Estados Unidos, marcado para o próximo 27 de março, na Carolina do Norte, os paraguaios Ángel Romero e Balbuena, atacante e zagueiro do Corinthians, respectivamente, falaram sobre uma possível recusa à convocação do técnico Gustavo Morínigo.



O amistoso, marcado para um dia após a primeira semifinal do Campeonato Paulista e dois dias antes do jogo de volta deve complicar os planos do técnico Fábio Carille, que pretendia contar com a dupla titular nas partidas decisivas. Para Balbuena, será difícil o Timão conseguir a liberação.

"Não é uma decisão do jogador, passa mais pela seleção. Mas como é data Fifa, dificulta a desconvocação. Vamos ver como acaba. Até onde sei, vamos ter que ir", argumentou Balbuena.




Já Romero lembrou que o treinador e o presidente da Federação Paraguaia estiverem em Itaquera na vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara-VEN, pela Copa Libertadores da América, e acredita que se for bem conversado a questão entre o clube alvinegro e os representantes paraguaios, é possível que haja liberação.

"A gente quer o melhor para o Corinthians e para gente. É importante a primeira convocação da seleção com o treinador novo. Ele chamou os jogadores que vão ser escolhidos para a próxima Eliminatória e para a Copa América. Mas se o Corinthians e a seleção decidirem para eu ficar, gostaria também de ficar e ajudar meu time, para se Deus quiser jogar os dois jogos da semifinal. Vamos ver o que eles decidem. O treinador estava aqui, tomara que eles tenham conseguido conversar", disse Romero.



COMPARTILHE A NOTÍCIA: