2

Felipe Melo rebate soco em Clayson e chama árbitro de 'corinthiano'; confira

Para o volante Felipe Melo, não houve soco nas costas do atacante Clayson no inicio da confusão que culminou na expulsão dos dois atletas no clássico entre Corinthians e Palmeiras, sábado (31), em Itaquera. O volante palmeirense, nas redes sociais, brigou com a imagem e até se irritou. (foto abaixo)



Reprodução: Twitter

Além disso, Felipe comentou sobre o árbitro da partida ser corinthiano. O volante reforçou a ideia de que teria sido expulso sem fazer nada. Imagens de TV, contudo, desmentem o palmeirense e mostram o momento da agressão - clique aqui e veja.


“Me mandaram no WhatsApp algumas coisas que o juiz seria corintiano, eu conversei com ele antes, mostrou uma personalidade muito grande, uma consciência daquilo que faz. Independentemente de torcer, o importante é o profissionalismo dele. Acho que paguei um pouco pelo meu nome, mas infelizmente aconteceu. Quero passar que estou muito tranquilo, foi uma das primeiras vezes que fui expulso sem fazer nada. Agora temos que pensar no Alianza Lima e depois no Corinthians porque foi só o primeiro passo”, declarou o volante após a partida.

“Eu tenho demonstrado o quanto tenho estado mais tranquilo dentro de campo. Quando acontece uma confusão dessa grandeza, num jogo como esse, o que fiz foi tentar tirar todo meu time dali. Aí algumas pessoas vieram por trás agredindo. Nesse momento vejo o Dudu um pouco acuado e um jogador do Corinthians (Clayson) atrás dele. Eu dou a volta, há um contato normal, e nesse meio-tempo ele vem para cima de mim me dar um soco. É pequeno, eu me defendi, coloquei a mão para manter a distância dele. Temos que exaltar nossa vitória, jogamos contra um time para quem vínhamos perdendo jogos. Deixo bem claro que meu intuito não era esse, fui tirar meus jogadores, mas infelizmente aconteceu. As imagens são claras”, completou.



COMPARTILHE A NOTÍCIA: