2

Sheik pede desculpas a Dudu por palavrão após o título; veja declaração

O atacante Emerson Sheik se arrependeu de ter utilizado um palavrão para provocar o palmeirense Dudu na festa de comemoração do título paulista 2018. Em entrevista após a vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, pelo Brasileirão, no último domingo, o jogador aproveitou a oportunidade para se desculpar com o rival.



"Brinquei, não vou perder esse perfil. Se a gente ganhar do Palmeiras amanhã, eu vou zoar de novo, vou zoar o Dudu também, se for o caso, mas realmente o palavrão passou um pouquinho, e eu reconheço que o palavrão não poderia, mas eu estava em um momento de pura felicidade, foi um título que foi difícil. "Ah, é um Paulista", não importa, foi extremamente difícil, nós perdemos o primeiro jogo, o time do Palmeiras é muito qualificado, lá dentro do estádio deles conseguimos a vitória, levantar a taça lá dentro é muito difícil, obviamente que não justifica os palavrões, mas eu liguei para o Dudu, pedi desculpas para ele e para a família dele pelos palavrões, a intenção não era ofender, até porque eu nunca tive problema com o Dudu ou qualquer outro atleta do Palmeiras, mas o palavrão passou um pouco do ponto", disse Sheik.

Sheik revelou que existiu cobrança até dentro de casa após o palavrão provocando Dudu. O atacante argumentou sobre a educação que teve em casa antes de pedir perdão ao atacante do Palmeiras e para a família dele.


"Eu sou pai e sei que nós atletas somos vistos por milhares e milhares de pessoas, fiquei muito mal, muito chateado comigo mesmo, me cobrei, porque venho de uma família muito simples, muito humilde, mas que prioriza a educação, os meus pais fizeram valer isso durante toda a minha infância, com meus irmãos foi assim também, fui cobrado, não pelas brincadeiras, porque eu sempre brinquei e sempre vou brincar, mas o palavrão eu passei um pouquinho e aproveito para pedir desculpas para o Dudu, e para a família dele também", completou Sheik.

Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


COMPARTILHE A NOTÍCIA: