Cristian manda recado aos que 'tentaram apagar sua história no Corinthians' - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Cristian manda recado aos que 'tentaram apagar sua história no Corinthians'

Divulgação

O volante Cristian voltou a falar sobre a segunda passagem conturbada que teve no Corinthians, equipe por qual fez história no final da última década. Ao UOL Esporte, o ex-jogador alvinegro mandou uma espécie de recado aos dirigentes, que segundo ele, tentaram apagar sua história no clube.



Cristian afirmou que houve desvalorização por parte de alguns integrantes da antiga direção do Corinthians. O jogador, porém, pregou respeito ao atual presidente Andrés Sanchez e pelo técnico Fábio Carille, cujo segundo Cristian, não teve nenhuma culpa nesse processo.

"Eu posso dizer que eu fui muito desvalorizado, o que algumas pessoas fizeram comigo... Hoje eu posso falar porque só eu sei o que aconteceu comigo, algumas pessoas não tiveram caráter. Não foi homem comigo como eu sempre fui com o clube, sempre eu fui bom profissional, nunca faltei a um treino, nunca deixei de treinar mesmo não jogando. Eu era um dos primeiros a chegar, mas enfim, agora não vem ao caso eu ficar falando disso. Eu tenho admiração muito grande pelo clube, isso nunca vai ser apagado. Algumas pessoas tentaram apagar, mas não vão conseguir, fica marcado, não tem jeito. Os títulos conquistados que eu fiz parte estão na história. Quando eu voltei, eu tinha uma proposta do Flamengo para ir na época. Meu filho não me viu jogando pelo Corinthians, porque quando ele saiu daqui ele era muito novo. E tinha a minha vontade também de voltar para o Corinthians e eu voltei. Não me arrependo de nada e como eu falei. Tenho o Corinthians no meu coração e tenho respeito muito grande pela instituição, pelas pessoas que trabalham no Corinthians, pelo Andrés, pelo treinador e vou continuar respeitando", disse.



"O Carille não tem nada a ver com isso. Ele é um cara que sempre me ajudou desde a minha primeira passagem, sempre conversava comigo, eu sempre falava com ele. Ele não teve participação de nada disso", completou.

Aos 34 anos, Cristian teve rápida passagem pelo São Caetano no primeiro semestre, mas agora procura um clube para atuar no restante da temporada. Pelo Timão, o volante conquistou quatro títulos: Brasileiro Série B (2008) e Série A (2015); Paulista e Copa do Brasil (2009).


COMPARTILHE A NOTÍCIA: