Loss faz promessa à Fiel, pede reforços, e Corinthians responde treinador - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Loss faz promessa à Fiel, pede reforços, e Corinthians responde treinador


Quatro derrotas, dois empates e apenas uma vitória. O panorama do técnico Osmar Loss sob comando do Corinthians não é nada animador. Mesmo assim, o treinador mantém o otimismo e acredita que o desempenho alvinegro irá melhorar após a Copa do Mundo.



Em entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0 sofrida diante do Bahia, na Arena Fonte Nova, na última quarta-feira, Loss garantiu que reforços devem chegar após a Copa do Rússia e mandou um recado ao torcedor alvinegro.

"O Corinthians está se mobilizando. Estão trabalhando Alessandro (Nunes, gerente de futebol), Duílio (Monteiro Alves, diretor de futebol) e Andrés (Sanchez, presidente) para trazer reforços em caso de perdas que a gente possa vir a ter. Reforço para o torcedor acreditar: nós vamos estar fortes na volta da Copa", disse Loss.

Questionado sobre a ineficiência da equipe no setor de ataque, Loss garantiu que irá revistar tudo 'minuciosamente' durante os dias de Copa do Mundo. A intenção do treinador é trabalhar para fortalecer as deficiências da equipe, segundo suas palavras.


"O que penso é fazer uma revisão de todas as atuações, observar onde sofremos gols, fazer um estudo minucioso do que o Corinthians apresentou sob meu comando e do Fábio (Carille), porque é a mesma equipe. Com esses dados na mão, vou trabalhar para fortalecer essas deficiências que apresentamos e melhorar o rendimento ofensivo. isso fica claro para todos que podemos ter um setor ofensivo mais eficiente", completou.

A direção alvinegra também se manifestou após a coletiva de Loss. O diretor Duílio Monteiro Alves falou sobre reforços e afirmou que a direção trabalha para contratar jogadores de qualidade.

"Temos trabalhado para reforçar o grupo, estamos vendo as necessidades, mas não temos nada para passar para vocês. Mas a gente trabalha para reforçar", declarou Duílio.



COMPARTILHE A NOTÍCIA: