Loss anima Fiel sobre planos para Danilo, mas freia empolgação com Matias - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Loss anima Fiel sobre planos para Danilo, mas freia empolgação com Matias

Foto: Agência Corinthians

Apesar de ter marcado o primeiro gol com a camisa do Corinthians, o atacante Matheus Matias vai ter que esperar por mais oportunidades em jogos oficiais na temporada. Em entrevista coletiva após a vitória por 2 a 1 de virada sobre o Grêmio, neste domingo, em Itaquera, o técnico Osmar Loss pediu calma com o atleta.



"Ele veio do ABC, um clube que está, proporcionalmente ao Corinthians, muito inferior. Fizemos um trabalho de adaptação para ele. E vamos deixar claro que não vamos parar, não é um gol que vai mudar isso. Cabe lembrar que o Mathias jogava na várzea até dois anos. Temos de dar recursos físicos, técnicos, táticos. Mostrou que tem estrela, temos de valorizar isso, mas a estrela precisa de muito trabalho por trás", argumentou Loss.

"Ele veio do ABC, um clube que está, proporcionalmente ao Corinthians, muito inferior. Fizemos um trabalho de adaptação para ele. E vamos deixar claro que não vamos parar, não é um gol que vai mudar isso. Cabe lembrar que o Mathias jogava na várzea até dois anos. Temos de dar recursos físicos, técnicos, táticos. Mostrou que tem estrela, temos de valorizar isso, mas a estrela precisa de muito trabalho por trás", completou.

Loss também comentou sobre as duas vitórias nos amistosos disputados diante Cruzeiro (2 a 0) e Grêmio (2 a 1). O Corinthians volta a jogar contra o Cruzeiro na próxima quarta-feira (11), também na Arena.

"Começar ou estar num trabalho vitorioso, baseado em resultados positivos, torna o caminho mais tranquilo. Nunca é tranquilo pleno, mas é mais tranquilo. Então os resultados ajudam. Ajudam os jogadores a entenderem nossa proposta, ajudam a torcida a criar um ambiente onde a gente possa desfrutar em campo... Espero que continuemos nesse caminho de vitórias", declarou o treinador.


VEJA MAIS DECLARAÇÕES DE OSMAR LOSS:

DANILO
"Um jogador com a história do Danilo no futebol, principalmente no Corinthians, não pode estar aqui só para fazer vestiário. Eu tive uma conversa com ele semana passada, ele sabe dos planos que a gente tem para ele. Ele tem a consciência do que ele pode. E nós sabemos como queremos utilizá-lo. No jogo contra o Cruzeiro, ele entrou, deu o ritmo adequado faltando 15 minutos. E hoje novamente, no meio de tantos meninos, soube controlar, dar essa cadência. Ele não está só para ajudar a controlar ambiente. Tem muita lenha ainda e vamos saber a hora certa de colocar na fogueira."

THIAGUINHO
"É um menino que está aprendendo a se colocar. Muito agressivo, muito veloz. Ele disputou uma bola com o Jahel, competindo com muita disciplina. Não fez a falta e competiu com força com um cara maior do que ele."




COMPARTILHE A NOTÍCIA: