2

Advogado de Juninho se revolta com o Corinthians "Estão execrando o rapaz"

Foto: Divulgação

A desistência do Corinthians em contratar o atacante Juninho, acusado de agredir a ex-namorada, revoltou o advogado Ernesto Cavalcanti, representante do atleta em questões judiciais.




Em entrevista à Rádio Jornal, o advogado lembrou que Juninho estava em São Paulo e resolvendo as últimas pendências para acertar com o clube. Por conta da repercussão negativa entre a torcida do Corinthians, o clube desistiu e publicou até uma nota oficia explicando.

"Conversei agora há pouco com Juninho, que está tranquilo diante deste absurdo. Ele foi duas vezes para o Corinthians. Hoje eu passei a tarde toda conversando com o jurídico do Corinthians. Estamos entrando com a ação indenizatória por conta desse absurdo", disparou o advogado.



"Não se faz isso com um ser humano. Esta pena que estão impondo a Juninho é infinitamente maior do que a pena que o Código Penal pode impor a ele. Estão execrando o rapaz, colocando-o na sarjeta. Estão tentando, mas não vão conseguir transformar esse jovem em um bandido. Ele não é bandido. Ele cometeu um erro e está tentando se recuperar. Mas não querem deixar. Para isto, eu vou acionar judicialmente cobrando uma ação do Corinthians pelo absurdo cometido", completou.

Juninho tem 19 anos e se destacou atuando pelo Sport. O atacante iria compor primeiramente o Sub-20 do Corinthians, mas foi alvo de fúria do torcedor alvinegro que inclusive criou a hashtag "JuninhoNoCorinthiansNão".




COMPARTILHE A NOTÍCIA: