Casão perde a linha e detona após repercussão de críticas a Felipe Melo - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Casão perde a linha e detona após repercussão de críticas a Felipe Melo

Foto: Divulgação

As críticas direcionadas ao comentarista Walter Casagrande Junior, ídolo do Corinthians, vem sendo pesadas nas últimas horas. Isso porque o torcedor palmeirense não gostou nada das palavras de Casão sobre o volante Felipe Melo, expulso aos três minutos do primeiro tempo no jogo entre Palmeiras e Cerro Porteño, válido pelas oitavas de final da Libertadores 2018.



Casão mostrou-se preocupado com a mentalidade do torcedor. Para o comentarista, defender um agressor como Felipe Melo é injustificável. As palavras foram ditas no programa "Seleção SporTV".

"Fico preocupado. Falei isso ontem e nas redes sociais o vilão sou eu. Eu não joguei, não dei uma entrada criminosa em ninguém, não coloquei em risco ninguém. O cara foi expulso, fez uma entrada maldosa e perversa, eu fiz o comentário e o vilão sou eu? Não coloco em risco ninguém, nem dirijo mas. Não coloco em risco a integridade física de nenhuma pessoa na sociedade que eu convivo, e e eu sou o vilão. Mas o cara dá uma entrada criminosa, perversa, faz isso constantemente e é o herói porque demonstrou raça, garra?", disse Casagrande.

FELIPE AINDA VAI CAUSAR TRAGÉDIA NO FUTEBOL BRASILEIRO

"Depois do que ele fez ontem e já fez várias vezes e a torcida atacou quem o criticou, não ele… Se fosse candidato a presidência da República, teria 70% (entre torcida do Palmeiras)… Porque é inadmissível proteger o Felipe Melo em um problema de violência que colocou a classificação em risco. Se fosse eliminado, todos que estão defendendo iriam criticar. (O Felipe Melo) não poderia ir nem no supermercado. Só que não foi eliminado e a violência é aplaudida, destacada", completou.



Na sequência, Casagrande falou da preocupação que tem sobre a integridade físicas dos jogadores que jogam contra Felipe Melo.

"O que me assusta é que não é só futebol. Ele é um risco para os outros 10, em toda a partida. Em todas, o risco de ele quebrar alguém, de ele causar uma confusão de uma parte da torcida entrar para fazer uma guerra, é muito grande. O Felipe Melo é um risco constante para adversário em questão de contusão, agressão e tudo o mais", argumentou Casão.

"Se fosse eliminado, não vestia mais a camisa do Palmeiras. Ninguém ia pensar duas vezes, não teria reunião nem nada. Acabava o jogo e falariam na entrevista. Não tenho dúvida disso", finalizou o comentarista.






COMPARTILHE A NOTÍCIA: