REVIRAVOLTA? Corinthians emite nota oficial e não crava contratação de Juninho - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

REVIRAVOLTA? Corinthians emite nota oficial e não crava contratação de Juninho

Foto: Divulgação

Após garantir a contratação do atacante Juninho, do Sport, envolvido em um caso de agressão a uma mulher, o Corinthians voltou atrás e não crava o acerto com o polêmico jogador de 19 anos.




Em nota emitida no inicio desta tarde, o Corinthians afirmou estar esperando uma posição do próprio jogador referente sobre as polêmicas que o envolvem. Caso se convença que Juninho não será problema, o clube deve contratá-lo oficialmente.

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que irá se posicionar sobre a eventual vinda de Juninho, atleta do Sport que atuava pelo Ceará, tão logo seja definida sua contratação ou não pelo Centro de Formação de Atletas (Base). No momento, o clube aguarda algumas definições do atleta sobre exigências feitas pela agremiação relativas ao seu comportamento extracampo", diz a nota.

ENTENDA O CASO:

O atacante Juninho será jogador do Corinthians. Mesmo com as manifestações nas redes sociais contrárias à chegada do jogador, o clube contrariou a Fiel e deve assinar contrato de um ano junto ao Sport.

Em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, o gerente da base alvinegra, Yamada, falou sobre a contratação e explicou do porque o clube não voltará atrás mesmo com as manifestações do torcedor.

“Nós sabíamos do problema extracampo do Juninho, mas uma das missões de um clube formador é dar uma segunda chance. Não podemos colocar um ponto final na carreira de um menino que só está começando”, disse Yamada.



“Assinaremos um contrato de risco, que proteja o Corinthians caso ele volte a pisar na bola”, completou o gerente.

Para explicar a chance ao garoto que chega inicialmente para a equipe Sub-20, Yamada lembrou de Fábio, goleiro do Cruzeiro, que cometeu caso de indisciplina parecido no inicio de carreira.

“Eu convivi com o Fábio no início de carreira e ele teve um problema parecido ao do Juninho quando ainda jogava no Vasco. Deram a chance de ele mostrar que poderia se recuperar e hoje o Fábio é uma referência no país", argumentou.

Juninho é acusado de agredir a ex-namorada. O caso será julgado em dezembro. Nas redes sociais, a Fiel criou até hashtag para impedir a contratação do atleta - clique aqui e entenda.




COMPARTILHE A NOTÍCIA: