2

Rival é punido e praticamente dá adeus à Libertadores 2018

Ivan Storti/Santos FC

A Conmebol decidiu nesta terça-feira pela punição do Santos no caso da escalação irregular do volante Carlos Sánchez. A equipe santista, que havia empatado sem gols diante do Independiente-ARG no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, na Argentina, perdeu o jogo por 3 a 0 por conta da punição.




Vale destacar que o Tribunal de Disciplina da Conmebol divulgou comunicado às 10h49 da manhã deste terça, menos de nove horas antes do jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, marcado para 19h30, na Vila Belmiro. Para classificar, o Santos precisa vencer por quatro gols de diferença.

"A Conmebol resolve declarar como perdedor o Santos Futebol Clube na partida disputada em 21 de agosto, determinar o resultado de 3 a 0 a favor do Club Atlético Independiente e confirmar a suspensão do jogador Carlos Andrés Sanchez Arcosa", informa parte do comunicado.

O Santos não só informou que vai correr, como pretende ir até as últimas consequências para anular a decisão. Recorrer ao TAS, Tribunal Arbitral do Esporte, com sede na Suíça, está nos planos dos dirigentes da equipe praiana.


CONFIRA ABAIXO O COMUNICADO NA ÍNTEGRA:

Considerando:

(i) Que os citados artigos 56 e 19.3 permitem a qualquer clube reclamar contra o resultado de uma partida por motivo de escalação indevida de um jogador do time adversário até 24 horas depois da partida e o Club Atlético Independiente interpôs a citada reclamação dentro do prazo e formato


(ii) Que o Santos Futebol Clube apresentou por escrito sua defesa no tempo e formato no dia 24 de agosto de 2018 e no dia 27 de agosto de 2018 foi concedido o direito de ser ouvido em audiência diante deste Tribunal antes da sua decisão

(iii) Que o Tribunal de Disciplina decidiu que o Santos não cumpriu o dever de se comunicar diretamente com a Unidade Disciplinaria conforme o artigo 9 do Regulamento da Conmebol Libertadores 2018

(iv) Conforme o Artigo 19.1 do RD (Regulamento Disciplinar), qualquer time que seja responsável por uma escalação indevida se considerará como perdedor desse jogo por 3-0

(v) Que o Tribunal de Disciplina decidiu o Santos Futebol Clube como responsável da infração de escalação indevida do jogador Carlos Andres Sanchez no cumprimento da sanção pendente de 1 partida de suspensão

Portanto, o Tribunal de Disciplina decidiu:

Fazer valer a reclamação apresentada pelo Club Atlético Independiente;
Declarar como perdedor o sanrtos Futebol Clube da partida disputada ante o Club Atlético Independiente, correspondente a ida das oitavas de final da Libertadores 2018 e, em consequência:
Determinar o resultado de 3 a 0 a favor do Club Atlético Independiente em conformidade ao artículo 19 do Regulamento Disciplinar da Conmebol
Confirmar a suspensão do jogador Carlos Andrés Sanchez Arcosa por uma partida, a qual deve ser cumprida na partida seguinte da Libertadores 2018 (o jogo desta terça no Pacaembu).

Tribunal de Disciplina da Conmebol





COMPARTILHE A NOTÍCIA: