2

Sanchez Fora? Justiça julga suspeita de fraude em eleição e dá veredito

A ação do Ministério Público que investiga possível fraude nas eleições presidenciais do Corinthians no inicio da temporada teve um desfecho nesta segunda-feira. Isso porque o Juizado Especial de São Paulo do Foro Central Criminal da Barra Funda não aceitou o argumento de fraude e aplicou apenas multa.




De acordo com o portal globoesporte.com, a empresa Telemeeting, responsável pela apuração da eleição, terá de pagar cerca de R$ 5.700 à Justiça. Vale destacar que a ação era movida por Paulo Garcia, candidato derrotado em conjunto com o Ministério Público (titular penal).

O MP sustenta a afirmativa de que a eleição não foi "íntegra", mas mesmo assim irá arquivar o processo. Paulo Garcia e alguns dos candidatos derrotados alegavam que uma ou mais urnas do pleito haviam sido adulteradas após os votos.



Foto: Arquivo




COMPARTILHE A NOTÍCIA: