2

A minha seleção dos 27 anos que vi o Corinthians


Por: Danilo Vieira - @danilovieira01



Eu nasci em São José dos Campos, interior de São Paulo no ano de 1991 e não me lembro do dia em que não torcia pelo Corinthians.

Quando me reconheci como individuo já carregava dentro do peito o amor pelo clube alvinegro. Desde então, por volta ali do final da década de 90, lembro de tudo (ou quase tudo) que ocorreu na história do Corinthians desses anos pra cá.

Acompanhei o time bicampeão brasileiro (1998 e 1999), o time campeão mundial (2000), mas costumo dizer que a 'chavinha virou' mesmo naquele 2 a 1 contra o Santos, gol de Ricardinho, semifinal do Paulistão, faltando 17 segundos para o apito final. Acabei com minha cota de gritos na vida naquele dia.

Desde então o Corinthians esteve presente em minha existência. Inúmeros títulos brasileiros, Libertadores, Mundial de novo, paulistas.



Em 2012 essa relação ficou ainda mais estreita. Criei o É o time do povo, depois me formei em jornalismo movido pela paixão em falar sobre o futebol e o Corinthians. Enfim...

Nesses 27 anos de vida e pelo menos 20 acompanhando o Corinthians diariamente, fiz minha seleção:


GOLEIRO: Dida (Cássio reserva)
LATERAIS: Alessandro e Fábio Santos (Kléber e Fagner como reservas)
Zagueiros: Gamarra e Fábio Luciano (Chicão e Balbuena como reservas)
Volantes: Rincón e Vampeta (Paulinho e Elias como reservas)
Meias: Marcelinho Carioca e Ricardinho (Danilo e Renato Augusto como reservas)
Atacantes: Edílson e Ronaldo (Luizão e Tevez como reservas)
Técnico: Tite

É muita gente boa de fora, eu sei.



COMPARTILHE A NOTÍCIA: