2

Ainda querendo título do BR, Walter anima a Fiel com recado: 'estamos voltando'

Foto: Agência Corinthians

Titular do Corinthians nesta quarta-feira (05), diante do Ceará, às 20h (de Brasília), no Castelão, jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018, o goleiro Walter mandou um recado animador para o torcedor corinthiano.



Ao globoesporte.com, Walter afirmou que o Corinthians está voltando a ser como era antes. Os últimos jogos, nas palavras do arqueiro, provam tal teoria.

"Saíram "n" jogadores, quase um time todo, mas faz parte. Em 2016 também foi assim, um ano complicado com saída e chegada de jogadores, e o time tem que se unir cada vez mais. Nossas últimas partidas foram excelentes, claro que a saída da Libertadores (vitória por 2 a 1 contra o Colo-Colo) não foi boa pelo primeiro jogo (derrota por 1 a 0), mas estamos voltando a ser o Corinthians que éramos antes, com bastante marcação e pegada. Temos que conseguir uma boa sequência de resultados", disse Walter.

Walter também comentou sobre a comparação com o titular Cássio. O reserva disse ficar orgulhoso quando o comparam ao camisa 12 alvinegro.

"Falei até saindo do último jogo (empate por 1 a 1 contra o Atlético-MG), que a comparação que é feita entre eu e o Cássio para mim é motivo de felicidade. Por tudo o que ele ganhou e conquistou, vendo o que ele faz dentro e fora de campo, essa igualdade que colocam é motivo de felicidade", afirmou Walter.





Perguntado sobre a possibilidade de título, Walter considerou difícil alcançar o São Paulo, 16 pontos na frente do Timão na classificação. O goleiro, contudo, disse 'ter muito coisa para rolar' na competição ainda.

"Está distante, é difícil. No ano passado, quando éramos líderes, também ficou distante para os outros times, mais no final do campeonato que deram uma apertada na gente. Mas o que temos que fazer é buscar os pontos, vencer, tentar buscar a vaga na Libertadores, ficar lá em cima. E ninguém sabe como será, tem jogo para caramba ainda, se a gente conseguir uma sequência de vitórias podemos entrar no bolo de cima também. Eles podem perder também, no ano passado a gente ficou uns jogos sem perder, e o Palmeiras encostou. Ainda tem muita coisa para rolar", projetou.




COMPARTILHE A NOTÍCIA: