Após associada agredir palmeirense em metrô, Pavilhão Nove publica repúdio - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

Após associada agredir palmeirense em metrô, Pavilhão Nove publica repúdio

Pavilhão publicou nota oficial

A agressão sofrida por uma torcedora palmeirense no metrô após a vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre o Flamengo, na última quarta-feira, gerou revolta dos torcedores corinthianos e resultou em manifestações do próprio clube (clique aqui e veja) e da torcida organizada envolvida na confusão.



Através das redes sociais, a Pavilhão Nove se manifestou sobre o caso após ter sido exposta por uma de suas associadas. Nas imagens, uma mulher vestida com camiseta da torcida organizada alvinegra aparece coagindo e agredindo uma torcedora rival.

"Repudiamos atitudes como essa, não somos e nunca seremos coniventes com algo desse tipo e, por isso, as medidas cabíveis serão tomadas para que cenas como essa não aconteçam novamente", disse a Pavilhão em nota.

Entenda o caso:
A confusão se iniciou quando duas palmeirenses encontraram um grupo de torcedores do Corinthians no metrô. Os alvinegros pediram para que elas tirassem as camisas, o que foi recusado pelas mulheres. Na sequência, o vídeo mostra uma delas sendo agredida por um homem vestido com camiseta do Corinthians e por uma mulher da Pavilhão Nove.



CORINTHIANA FALOU:
"Estou sendo ameaçada. Me arrependi no momento que postaram o vídeo e me ameaçaram", disse uma das mulheres do vídeo ao UOL.






COMPARTILHE A NOTÍCIA: