2

Jair responde críticas da Fiel à Avelar e fala sobre Pedrinho na reserva

Jair Ventura Corinthians semifinal Copa do Brasil
Jair em ação contra o Flamengo | Foto: Agência Corinthians

O técnico Jair Ventura falou após a classificação do Corinthians à final da Copa do Brasil 2018. Em entrevista coletiva logo após o 2 a 1 sobre o Flamengo, o comandante exaltou a entrega dos jogadores.





"Nunca falo um ponto principal. É uma série de fatores, um esporte coletivo, ninguém alcança objetivo sozinhos. Começou ontem com a festa da torcida, 40 mil pessoas numa terça-feira, serve de combustível. Deixamos o máximo dentro de campo. Muita entrega, muita raça e determinação num jogo tático, conseguimos a classificação. Não vencemos nada, pés no chão, para conseguirmos o objetivo", declarou Jair.

Sobre a alteração que mudou a partida (entrada de Pedrinho), Jair não se fez de falso humilde e exaltou a mexida.

"Modestia à parte, cabe ao treinador saber lançar, o momento de sim e não. Essa é a parte gratificante, lançar jovens, isso não tem preço. Pedrinho fez o gol e veio me abraçar. Boto na cabeça deles que tem a vaidade de ser titular, mas quem entra na partida é tão importante como os que iniciaram", disse.

Perguntado sobre as críticas da Fiel direcionadas ao lateral-esquerdo Danilo Avelar, o treinador alvinegro disse que é preciso ter paciência com os atletas.



"Por vezes a gente entende a torcida, se não vive bom momento é criticado, mas não posso chegar e tirar todo mundo. É trabalho de treinador, recuperar e saber lançar, tem hora de ser titular e de entrar e ser decisivo", afirmou Jair.






COMPARTILHE A NOTÍCIA: