O clima é de apreensão na torcida do Corinthians - É o time do povo - Notícias do Corinthians
2

O clima é de apreensão na torcida do Corinthians


Por: Danilo Vieira - @danilovieira01

Roger marca um gol a cada quase cinco jogos no Corinthians (4,75). Finazzi, em 2007, marcava um a cada dois jogos e meio (2,4).




E o clima de apreensão entre os torcedores alvinegros é cada vez mais evidente com o passar dos jogos. Se antes a certeza era a má qualidade do técnico, agora o momento é de preocupação com o desempenho do time.

Alguns fatores pesam para a preocupação. A ineficiência de algumas peças de ataque é o principal deles. Jogadores como Roger e Clayson, inoperantes dentro de campo, tem sido os principais alvos.

No banco de reservas o perfil jovem também assusta. É consenso de que apesar de bons valores, nomes como o de Mateus Vital, Araos e até de Sergio Díaz - embora este último não tenha estreado pelo clube -, são atletas imaturos para resolver jogos.

Existe também um movimento pedindo nomes experientes de volta ao time. Emerson Sheik e Danilo, campeões da Libertadores e Mundial em 2012, na visão de alguns, deveriam assumir a "bronca" como titulares.

Fato é que são 30 pontos conquistados em 24 jogos. Em 2007, por exemplo, foram 33 pontos somados ao término da 24 rodada.





A dúvida é geral:

Esse time é capaz de reverter a situação?

O problema era do técnico mesmo?

Tudo pode mudar a partir de quarta-feira, basta uma grande partida contra o Flamengo.




COMPARTILHE A NOTÍCIA: