Ata da BMG diz que patrocínio é de R$ 12 milhões, Fiel cobra e clube desmente - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Ata da BMG diz que patrocínio é de R$ 12 milhões, Fiel cobra e clube desmente


O banco BMG divulgou em ata no dia 15 de janeiro o valor do patrocínio ao Corinthians. De acordo com a instituição financeira, serão R$ 12 milhões repassados ao clube por ano. A direção alvinegra havia divulgado pelo menos R$ 30 milhões.



Isso foi o estopim para a Fiel cair matando nas redes sociais. O torcedor não entendeu a 'mentira' do clube e pediu explicações. A ata confirma que serão pagos 50% de todo lucro líquido do "Meu BMG Corinthians". O contrato terá cinco anos.

VEJA ATA ABAIXO:


Em contato com o UOL Esporte, o Corinthians desmente o valor dito na ata e confirma os R$ 30 milhões recebidos antecipadamente. A parceria, ainda segundo o Timão, pode chegar aos R$ 42 mi por ano.




"O valor médio calculado da parceria é de R$ 42 milhões, e nós já recebemos R$ 30 milhões. São R$ 24 milhões de patrocínio, e R$ 6 milhões de luvas. Se não acontecer nada este ano, se não abrir uma única conta no aplicativo, ainda assim nós lucramos R$ 30 milhões. No ano que vem, a mesma coisa", disse Matías Romano Ávila, diretor financeiro do clube.

Sobre a ata divulgada pelo banco BMG, Matias arriscou um palpite do que pode ter sido escrito pelo banco privado. "Não vi, não sei; mas nós já recebemos os R$ 30 milhões. Estes 12 [milhões de reais] podem ser o mínimo da participação dos lucros, não sei", especulou.




COMPARTILHE A NOTÍCIA: