Henrique e mais 10! Irritado com atuação pior que na estreia, Carille abre disputa no Corinthians - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Henrique e mais 10! Irritado com atuação pior que na estreia, Carille abre disputa no Corinthians


Fábio Carille falou à imprensa após o revés sofrido pela primeira vez no Campeonato Paulista 2019. Depois de ser derrotado pelo placar de 2 a 1, de virada, diante do Guarani, o comandante alvinegro mostrou-se irritado em algumas perguntas e desaprovou a atuação da equipe nesta quarta-feira.



"O time não evoluiu. Contra o São Caetano a gente jogou melhor, conseguimos rodar a bola, tivemos mais paciência, criamos oportunidades. Hoje, no modo geral, a gente estacionou ou ficou abaixo do que fizemos contra o São Caetano", disse Carille.

Perguntado sobre o início de trabalho e as vagas na equipe titular, Carille deixou todas as disputas em aberto entre os jogadores de linha, exceto para o zagueiro Henrique, segundo o próprio treinador, titular absoluto ao lado de Léo Santos, Marllon ou Pedro Henrique. Até Jadson não foi garantido entre os 11 titulares.

"Todas as vagas estão abertas, lembro que no meu período como técnico (entre 2017 e 2018), tirei o Jadson três vezes da equipe titular para fazer o time jogar mais, que ele não vinha bem naquele momento. Todas as vagas estão abertas, estou usando esse início para ver mesmo, coloquei o Marllon contra o São Caetano, o Pedro Henrique contra o Santos e o Léo hoje, daqui a pouco tem o Manoel. O Henrique fez um primeiro semestre muito bom comigo antes de eu sair. Ele hoje está assegurado e estamos vendo quem joga do lado dele", declarou o comandante.


O treinador ainda falou das situações dos recém-contratados. Manoel não vai estrear contra a Ponte Preta. Boselli pode ir para a partida, mas não está confirmado.

"Vamos com calma, ficou muito tempo sem trabalhar com bola, a gente não pode acelerar Tivemos a experiência com o Vagner Love em 2015 quando aceleramos, ele não estava pronto ainda. Pode ser, mas na quinta-feira vamos definir. Manoel sem chance contra a Ponte", projetou Carille.




COMPARTILHE A NOTÍCIA: