Palmeiras não aceita eliminação na Copinha e dispara: 'Corinthians pode?' - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Palmeiras não aceita eliminação na Copinha e dispara: 'Corinthians pode?'

Fabio Menotti / Palmeiras 

A eliminação do Palmeiras na Copinha 2019 revoltou João Paulo Sampaio, coordenador da base alviverde. Após o revés diante do Figueirense pelo placar de 2 a 1 na Arena Capivari, o dirigente detonou a FPF.



Sampaio detonou a 'má vontade' da entidade com o Palmeiras na competição, reclamou do campo de jogo e também do suposto privilégio ao rival Corinthians.

"Sentimento de dever cumprido pela entrega no campo, mas não foi o sentimento de que foi bem tratado. A gente merecia um campo melhor. A gente pediu um campo melhor domingo, pediu Barueri, mas não, não pode ir para lá. Mas o Corinthians pode? Palmeiras teve que vir ficar um mês aqui tratando o campo, e foi o pior campo da competição", disparou o coordenador.

Na sequência, o dirigente pediu atenção dos torcedores com os erros de arbitragem contra o Palmeiras na temporada.

"A gente perde um jogo [contra o Capivariano], em que estava classificado, com um gol legítimo. Hoje o segundo gol legítimo. Então é muita má vontade, muita má vontade. A gente tem que estar bem atento, torcedor do Palmeiras, porque vai acontecer. Eu não quero privilégio nenhum. Só não quero que na dúvida seja para o adversário. E foi isso que a gente viu a competição toda", bradou João Paulo.


"Torcedor do Palmeiras tem que ficar atento com o que vai acontecer, porque não é normal. O que aconteceu na Copa São Paulo não é normal. Meus atletas se entregaram, time não estava encaixado por uma série de desfalques, mas não vamos aceitar que a gente perca em outros setores. Tem que perder para o time adversário", completou.

Ao contrário do Palmeiras, clube que jamais conquistou uma Copinha, o Corinthians segue vivo na competição em busca de seu décimo primeiro troféu.





COMPARTILHE A NOTÍCIA: