Acabou a novela entre Corinthians e Guilherme Arana; saiba desfecho - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Acabou a novela entre Corinthians e Guilherme Arana; saiba desfecho


O diretor de futebol Duílio Monteiro Alves falou à imprensa após o empate sem gols diante do Santos, no domingo, em Itaquera, pelo Paulistão. O assunto não poderia ser diferente: Guilherme Arana. De volta após viagem à Espanha, o dirigente explicou o fracasso na negociação com o Sevilla-ESP.



Duílio revelou que o Corinthians foi ao país europeu disposto a pagar os 8 milhões de euros (R$ 34 milhões), mas viu o Sevilla-ESP aumentar a pedida para R$ 37 milhões. Para o clube alvinegro, não existe possibilidade de aceitar a oferta dos espanhóis.

"Fiz a viagem porque a gente tem que tentar pessoalmente, como as conversas não andavam por telefone há muito tempo, tinha a obrigação de ir lá, mostrar o que poderia ser feito. Mas trato como irresponsabilidade, dessa forma a gente não teria como cumprir e estaria prejudicando o clube", disse Duílio.

"Conversamos muito, tentamos chegar num acordo de forma de pagamento, mas eles vieram com outros valores, mais altos até do que conversamos por telefone. O Corinthians não tem como fazer um negócio deste tamanho, desta forma, nesse momento", completou.

Perguntado se o Corinthians vai tentar a contratação na janela de transferências no meio do ano, Duílio não confirmou a possibilidade. O Corinthians segue aguardando uma possível reviravolta na ideia do Sevilla-ESP em vender Arana por um valor menor.




"É uma pena, a gente queria muito, ele quer muito, mas não temos condições de fazer o que é pedido. Não sei se vai ter continuação lá na frente. Tem uma proposta lá. Mais para frente não dá para saber, vamos aguardar", finalizou Duílio.

FALA, FAMÍLIA! PRECISAMOS DE 70 MIL SEGUIDORES ATÉ O FINAL DO MÊS. FORTALECE AÍ RAPIDINHO, POR FAVOR. É SÓ CLICAR EM FOLLOW ABAIXO

@timedopovooficial

INSCREVA-SE TAMBÉM EM NOSSO CANAL. EM BREVE CONTEÚDO EXCLUSIVO DIRETAMENTE DO CT E DO ESTÁDIO!




COMPARTILHE A NOTÍCIA: