'Incomodado', Muricy rebate críticas de Casão ao antigo estilo de jogo do Corinthians - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

'Incomodado', Muricy rebate críticas de Casão ao antigo estilo de jogo do Corinthians

Adicionar legenda

O ex-técnico Muricy Ramalho se incomodou com os comentários de Walter Casangrande Jr no programa "Bem, Amigos!", do canal fechado SporTV, desta segunda-feira (17). A discussão aconteceu após o comentarista e ex-atacante do Timão criticar o estilo de jogo alvinegro nos últimos anos.



A polêmica começou após Casagrande perguntar ao técnico Tiago Nunes, convidado do programa, sobre as dificuldades de mudar a mentalidade dos jogadores alvinegros.

"Ele (Tiago) pegou um time que por cinco, seis anos jogava fechado, por uma bola. Vários jogos sem chutar no gol. Dai você chega nesse time, pega muitos jogadores da outra geração, qual foi a dificuldade que você teve para colocar na cabeça desses jogadores que as coisas mudaram? Todos entenderam rápido?", questionou Casagrande.


O comandante do Corinthians respondeu afirmando que no futebol não existe certo e errado, e explicou o que os atletas precisam fazer num time ofensivo.

"Primeiro reiterar que não tem certo e errado no futebol. O jogo que você propõe de atacar o adversário, depende do intuitivo do jogador, que não sigam o manual. Recebemos atleta da formação que vem com todo manual certinho, mas quando foge do manual, não sabe como atuar", respondeu Tiago.

Na sequência, Muricy Ramalho pediu a palavra e mostrou-se extremamente incomodado com a pergunta de Casagrande. O ex-técnico defendeu Mano Menezes, Tite e Carille, este último alvo maior das críticas de Casagrande.

"Estou um pouco incomodado. Não se pode jogar fora os trabalhos de Mano, Tite e Carille. A torcida do Corinthians gostava. O que tá acontecendo é que toda vez que se fala do Corinthians é que jogava mal. O Tiago foi contratado por que a torcida não queria mais isso. Dai foi buscar um treinador que faça algo diferente. Tava chato ver o Corinthians jogar mesmo, perfeito... O que não pode é achar que tudo que aconteceu atrás não valeu nada. Mas para mudar, escolheram o cara certo", desabafou Muricy.

Tiago respondeu Muricy também defendendo os ex-treinadores que passaram pelo Corinthians, relembrou o bonito futebol praticado pelo Time do Povo nas mãos de Tite, e revelou detalhes do que conversou com Andrés Sanchez antes de fechar com o Timão.

"O treinador de futebol tem que saber montar várias ideias de jogo. O Andrés me disse que queria um time mais ofensivo e quero que trabalhe com a base. Disse que vai contratar e que eu teria autonomia", revelou Tiago.

Casagrande também ficou incomodado com a situação e respondeu Muricy Ramalho criticando bastante o estilo de jogo de Fábio Carille no Corinthians.

"O Muricy disse que ficou incomodado com o jeito que eu falei, eu também fiquei incomodado com o jeito que ele falou. Vou explicar: não pode desclassificar o que foi feito, também não pode fazer daquilo um gênio. Jogava mal, não chutava uma bola no gol, não jogava bem, foi tricampeão paulista, mas a própria torcida não aguentava mais. Então, assim... Eu também acho errado só por que chegou um treinador que joga pra frente desclassificar o que foi feito", rebateu Casagrande.

Por fim, Muricy finalizou a discussão defendendo Fábio Carille, mas ressaltou que não gostava de ver o Corinthians jogar. "Eu também não gostava de ver o Corinthians jogar, o que parece é que quem passou por lá não servia pra nada, não é bem assim", concluiu Muricy.




VEJA MAIS:
Corinthians deve liberar mais quatro jogadores após saída de Gustavo
Veja a suposta nova camisa do Corinthians 20/21 que vem dando o que falar
Cantillo pode deixar o Corinthians ainda na atual temporada, diz jornalista
Saiba se o Corinthians contratará mais reforços

NOS AJUDE A ALCANÇAR 1 MILHÃO DE FÃS NO FACEBOOK. CLIQUE EM CURTIR!




COMPARTILHE A NOTÍCIA: