Aprende, Arana! Declaração de Tevez sobre redução salarial dos atletas é perfeita - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Aprende, Arana! Declaração de Tevez sobre redução salarial dos atletas é perfeita

Tevez coronavírus
Tevez mostrou preocupação com os mais pobres / Foto: Divulgação

O mundo da bola vive dias de incertezas por conta da pandemia do coronavírus. Sem bilheteria e outros recursos, os clubes estão encontrando dificuldades em bancar integralmente os salários dos atletas e buscam soluções para minimizar os problemas.



Em entrevista recente, o lateral-esquerdo Guilherme Arana, do Atlético-MG, mostrou-se contrário a redução salarial dos jogadores do clube. Ele foi respondido pelo presidente do Galo de maneira áspera - clique e veja. A opinião do ex-defensor alvinegro não é a mesma de Carlitos Tevez, por exemplo, campeão brasileiro pelo Timão em 2005.

Em entrevista à América TV, Carlitos mostrou-se solidário com a situação mundial, se colocou à disposição para ajudar de alguma maneira e considerou ficar até um ano sem receber qualquer salário. "Não se pode comparar com gente que vive a cada dia que tem que sair às 6 horas da manhã e voltar às 19 horas da noite para comer no outro dia", declarou.


VEJA ABAIXO AS DECLARAÇÕES DE TEVEZ:

"Qualquer jogador pode viver seis meses ou um ano sem cobrar ou com salário mínimo. Não se pode comparar com gente que tem que sair às 06h horas da manhã e voltar às 19h horas da noite para comer no outro dia. Temos que ajudar e ir até os necessitados. É fácil falar da minha casa, sem sair dela, sabendo que tenho comida para meus filhos? Isso é o mais preocupante. Eu trato de estar com as pessoas do meu bairro."

"Me coloco à disposição do governo e do clube para ajudar. Não gosto de fantasiar sobre muitas coisas, porque quando se ajuda é do coração. Não é para estar em um vídeo (... )Eu me coloco à disposição do clube, mesmo que isso signifique entregar mercadorias em uma mesa."

"Em vez de ir para o treinamento pela manhã, pode ser obrigado a fazer coisas para as pessoas. Por exemplo, ir às cozinhas de sopa em La Boca. Eu ficaria feliz em ir. Eu sei que a minha família está bem. Estar com estas pessoas vai nos tornar muito mais fortes. É aí que começa o grande exemplo."

VEJA MAIS:
Vágner Love encabeça lista de dispensas
Gil terá um novo companheiro de zaga no Corinthians
Sampaoli quer meio-campista do Corinthians
Mais habilidoso e melhor finalizador; Corinthians prepara transição do "novo Pedrinho"
Jô quer retornar ao Corinthians
Veja a suposta nova camisa do Corinthians 20/21 que vem dando o que falar




NOS AJUDE A ALCANÇAR 1 MILHÃO DE FÃS NO FACEBOOK. CLIQUE EM CURTIR!



COMPARTILHE A NOTÍCIA: