Como a MP de Bolsonaro atinge o Corinthians - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Como a MP de Bolsonaro atinge o Corinthians

Foto: Divulgação

O presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) assinou Medida Provisória (MP) na última quinta-feira (18) dando amplo poder aos clubes na venda de direitos de transmissão em jogos como mandante. A partir de agora, os clubes brasileiros terão mais autonomia nas negociações com a Rede Globo e outros canais televisivos.




O artigo 1º da MP explica como o Corinthians vai se beneficiar disso. "Pertence à entidade desportiva mandante o direito de arena sob o espetáculo desportivo, consistente na prerrogativa exclusiva de negociar, autorizar ou proibir a captação, fixação, a emissão ou transmissão, a retransmissão ou a reprodução dos direitos de imagem, por meio ou processo, do espetáculo desportivo".

Na prática, a partir de agora, todos os jogos do Corinthians como mandante em que ele não tiver amarrado em nenhum contrato anterior televisivo poderá ser negociado da maneira que o clube achar melhor. 

A Medida Provisória tem validade de no máximo 120 dias e será votada para aprovação no congresso em breve. Caso seja autorizada, vira lei e terá de ser cumprida por TV Globo e outros canais de televisão.

A Rede Globo, incomodada com a MP de Bolsonaro, soltou nota e lembrou que os clubes que possuem contrato vigente não podem agir da maneira que bem entendem. Na quinta-feira, inclusive, Flamengo e Bangu jogaram pelo Campeonato Carioca no retorno do futebol no Brasil sem transmissão da TV Globo. 

VEJA NOTA DA GLOBO:

A Globo esclarece que o Campeonato Carioca foi cedido na vigência da lei que exigia concordância de ambos os clubes participantes do jogo para transmissão. A nova MP, ainda que seja aprovada pelo Congresso Nacional, não altera essa sessão já atualizada, que é um negócio jurídico perfeito e garantido pela Constituição Federal. A Globo não detém os direitos sobre os jogos do Flamengo e por isso não irá transmiti-los. Da mesma forma, o Flamengo não poderá transmitir qualquer um de seus jogos, ainda que seja mandante, porque a Globo é detentora dos direitos dos demais clubes participantes do Campeonato Carioca. Ainda que a Globo tivesse os direitos de transmissão do jogo de hoje, não haveria tempo hábil para planejar a segurança das equipes que realizam a transmissão, além do que não está claro que o protocolo proposto pela Ferj é, de fato, seguro.

VEJA MAIS:

Vágner Love encabeça lista de dispensas
Gil terá um novo companheiro de zaga no Corinthians
Sampaoli quer meio-campista do Corinthians
Mais habilidoso e melhor finalizador; Corinthians prepara transição do "novo Pedrinho"
Jô quer retornar ao Corinthians
Veja a suposta nova camisa do Corinthians 20/21 que vem dando o que falar

NOS AJUDE A ALCANÇAR 1 MILHÃO DE FÃS NO FACEBOOK. CLIQUE EM CURTIR!

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL






COMPARTILHE A NOTÍCIA: