Jucilei se revolta ao responder sobre processo: "Não posso abrir mão" - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Jucilei se revolta ao responder sobre processo: "Não posso abrir mão"

Foto: Agência Corinthians

O volante Jucilei defendeu o Corinthians entre 2009 e 2011, quando se transferiu para o Anzhi, da Rússia. Já em 2014, o atleta entrou com um processo na justiça contra o Corinthians, solicitando valores relacionados a 13º, salário e outras pendências contratuais. Em entrevista ao jornalista Alexandre Praetzel, o jogador explicou a situação:



"Quando chegou a proposta do Anzhi, da Rússia, eu tinha um salário a receber pelo Corinthians. Vou falar: no primeiro ano de contrato, meu salário era de R$ 50 mil e depois passou para R$ 110 mil. Tinha salário, 13º e Fundo de Garantia a receber do Corinthians. Quando chegou a proposta, Corinthians queria que eu abrisse mão daquilo que eu já tinha trabalhado, pô", explicou o volante, que ainda falou que o Corinthians tentou convencê-lo de abrir mão dos valores.

"Não posso abrir mão do que já trabalhei. Se fosse para frente, tudo bem. Eram R$ 200 mil e pouco de dívida. Corinthians não me pagou. Por isso, coloquei o clube na Justiça. Não sei os valores corretos da ação. Processei, sim, o Corinthians e ganhamos a causa. Mas não sei os números reais. Talvez um pouco a mais do que devia de fato, por juros serem altos. Só coloquei na Justiça porque não me pagaram o que eu trabalhei", finalizou Jucilei.

O jogador ganhou o processo em última instância, porém, os valores não foram divulgados.

Veja mais notícias sobre o Corinthians:





VEJA MAIS:

Fenômeno atravessou negociação por Marrony e perdeu
Nagoya vai à Fifa por Jô
Como a MP de Bolsonaro atinge o Corinthians
Fiel discute David Luiz no Corinthians
Diego é o próximo alvo.


NOS AJUDE A ALCANÇAR 1 MILHÃO DE FÃS NO FACEBOOK. CLIQUE EM CURTIR!

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL




COMPARTILHE A NOTÍCIA: