"A ignorância de Sanchez custa caro", diz Kfouri ao divulgar carta da comunidade armênia - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

"A ignorância de Sanchez custa caro", diz Kfouri ao divulgar carta da comunidade armênia

Foto: Agência Corinthians

Juca Kfouri divulgou nesta quinta-feira (30), uma carta da Sociedade Armênia do Brasil direcionada ao presidente Andrés Sanchez, do Corinthians.




A carta relembra detalhes históricos do conflito entre o povo armênio e o povo turco ao longo da história, e pede que Andrés se retrate após chamar o conselheiro Sérgio Janikian, armênio, de "turco" em entrevista coletiva recente.

LEIA A CARTA:

A Comunidade Armênia do Brasil vem respeitosamente se manifestar sobre a entrevista coletiva concedida pelo notório presidente do Sport Club Corinthians Paulista Andrés Navarro Sanchez, em 25 de julho de 2020.

Em abril de 1915, o Império Turco Otomano perpetrou contra o povo armênio aquele que seria conhecido como o primeiro genocídio do Século 20, em que cerca de 1,5 milhão de armênios foram perseguidos e massacrados de maneira vil e impiedosa.

Com relação a este triste evento, o Sr. Andrés Navarro Sanchez nos honrou com a permissão da entrada de uma faixa alusiva a este genocídio, carregada pelo time, no jogo Corinthians e Chapecoense, realizado em 24/04/2019.

Esta nobre consideração nos deixou muito honrados e ensejou de nossa parte os devidos agradecimentos em carta enviada diretamente ao Sr. Andrés Navarro Sanchez.

Sendo assim, nossa perplexidade transcende os assuntos internos do Sport Club Corinthians Paulista e as diferenças que possam existir dentro das várias correntes internas do clube.

O fato é que nossa Comunidade se sentiu indignada com relação à generalização atribuída a um brasileiro descendente de armênios que faz parte do clube, chamando-o de turco durante entrevista coletiva que foi concedida no último sábado, dia 25 de julho deste ano, a todos os grandes órgãos da imprensa esportiva.

A história de sofrimento de nosso povo impingida pelo Império Turco Otomano não pode ser arranhada ou desprezada com colocações dessa natureza.

Como agravo a esta situação, nesta semana o povo armênio foi mais uma vez covardemente atacado pelo Governo do Azerbaijão com o apoio explícito do Governo turco.

Na certeza de vossa compreensão e autocrítica, com a dimensão histórica dos fatos e considerando a grande estima que temos por sua pessoa, estamos certos de que haverá de sua parte a devida retratação para com a Comunidade Armênia do Brasil"



VEJA MAIS:
Willian diz que gostaria de jogar em rival do Corinthians
Pedrinho apaga todas fotos com a camisa do Benfica-POR
Como a MP de Bolsonaro atinge o Corinthians
Fiel discute David Luiz no Corinthians
Chamada para o Derby da Globo tem alfinetada no Flamengo



NOS AJUDE A ALCANÇAR 1 MILHÃO DE FÃS NO FACEBOOK. CLIQUE EM CURTIR!

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL



COMPARTILHE A NOTÍCIA: