Corinthians teme debandada em massa após ameaças aos jogadores - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Corinthians teme debandada em massa após ameaças aos jogadores

Foto: Agência Corinthians

A coletiva de Andrés Sanchez marcada para esta terça-feira (15) tem motivos graves. A direção alvinegra teme que os atletas percam motivação após os protestos no Aeroporto de Guarulhos no último domingo e até mesmo uma dabandada em massa dos atletas via ações judiciais. A informação é de Jorge Nicola, do Yahoo! Esportes.


"O pior é que estão ameaçando os jogadores e todos os seus familiares. E a gente não sabe como reagir nesse país sem dono em que até o ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) são ameaçados de morte pela internet", disse um dirigente corinthiano de nome mantido em sigilo.

Em parte do texto, o jornalista revela que "a situação tem causado enorme preocupação na diretoria, que teme duas situações: a perda do foco no Campeonato Brasileiro e, no caso mais grave, uma tentativa em massa de saída do clube por parte dos jogadores, por meio de ações na Justiça".

No programa "Os Donos da Bola" da última segunda-feira (14), o apresentador Neto chegou a sugerir ao ídolo Cássio que deixasse o Corinthians após os protestos.

O lateral Fagner, inclusive, utilizou as redes sociais para rebater ameaças que Henrique, filho mais velho do casamento com Bárbara, vem sofrendo na web.

Com nove pontos e em décimo quarto no Brasileiro de 2020, o Corinthians volta a jogar na quarta-feira (16), diante do Bahia, na Neo Química Arena.



VEJA MAIS:
Há convicção no Corinthians que surgiu um Pedrinho melhorado
Romero pode ir a rival do Corinthians
Gaviões lança projeto para salvar Corinthians das dívidas
Sornoza faz "gol que Pelé não fez" no Equador; assista
Lembra dele? Mendoza desejo de dois gigantes europeus


🆂🅸🅶🅰-🅽🅾🆂    🅽🅾    🅵🅰🅲🅴🅱🅾🅾🅺

🅸🅽🆂🅲🆁🅴🆅🅰    🅽🅾    🆈🅾🆄🆃🆄🅱🅴





COMPARTILHE A NOTÍCIA: