Mancini anuncia que "medidas serão tomadas" no Corinthians - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Mancini anuncia que "medidas serão tomadas" no Corinthians

Foto: Corinthians TV

O técnico Vagner Mancini concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (17) após o revés diante do Santos, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão de 2020, que praticamente acaba com as chances de classificação à Libertadores da América. Ele afirmou que haverão mudanças no plantel nos próximos dias.


"Daqui a sete dias encerramos o Brasileiro e em 10 entramos em campo para outro campeonato (Paulistão). Decisões serão tomadas, não só no Corinthians, mas em todas as equipes. É importante que neste término de temporada, mesmo sendo fevereiro, que algumas coisas aconteçam, você oxigene seu elenco, seu clube, para que algumas coisas sejam melhores", declarou Mancini.

"Algumas medidas serão tomadas, temos pessoas capacitadas dentro do clube para encaminharem tudo isso. Não é o Mancini que tem que falar isso. Já disse que algumas medidas serão tomadas, mas agora temos que pensar no Vasco, depois no Internacional, depois que vai iniciar o Estadual", concluiu.

Perguntado se acredita em uma boa temporada pelo Corinthians em 2021, Mancini mostrou-se otimista com uma mudança de postura dos atletas no novo ano. Ele também pediu o apoio dos torcedores.

"Sou um otimista de plantão, acho que essa temporada vai ser melhor que a de 2020. E em cima disso a gente conta com o apoio de todo mundo. O torcedor sabe aquilo que está sendo feito, sabe que neste momento temos que estender as mãos e, de mãos juntas, ir atrás do melhor. Se há dificuldade do Corinthians para ir atrás de atletas no mercado, as outras equipes passam pelo mesmo. Não podemos de maneira alguma ficar chorando e, sim, estarmos concentrados no que fazemos diariamente para o clube render mais", declarou Vagner.

Sobre a remota chance de classificação à Libertadores, o comandante alvinegro não jogou a toalha, mas disse que a derrota diante do Santos deixa a situação do Timão no BR 20 bastante difícil.

"Nos últimos jogos, acabamos desperdiçando pontos importantes por erros da nossa equipe, alguns erros técnicos, estruturais, erros táticos, dentro destes detalhes que o jogo apresenta e a gente precisa ser mais efetivo. Acabou faltando num momento em que a gente precisava decidir algumas partidas e isso acabou nos custando pontos importantes e agora a situação ficou um pouco mais difícil. Ainda temos chance, vamos brigar muito até o final, mas é óbvio que ficou mais difícil", analisou.





VEJA MAIS:
Lista de dispensas para 2021 tem seis nomes
Corinthians e Palmeiras se manifestam sobre Bigode
Corinthians recusa proposta por Vital, mas faz contraproposta
Gabriel Torres é alvo do Corinthians, informa treinador
Marcelinho pede Jadson de volta, que responde ídolo


🆂🅸🅶🅰-🅽🅾🆂    🅽🅾    🅵🅰🅲🅴🅱🅾🅾🅺
🅸🅽🆂🅲🆁🅴🆅🅰    🅽🅾    🆈🅾🆄🆃🆄🅱🅴




COMPARTILHE A NOTÍCIA: