Piton virou titular? Formação continua? Mancini responde em coletiva - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians





2

Piton virou titular? Formação continua? Mancini responde em coletiva

Foto: Agência Corinthians

O técnico Vagner Mancini concedeu coletiva após o empate diante do SPFC, no último domingo, na Neo Química Arena, pelo Paulistão de 2021, e comentou sobre a impressão que teve da formação com três zagueiros. Além disso, o comandante respondeu se o lateral-esquerdo Lucas Piton ganhou a titularidade do experiente Fábio Santos.


Na visão de Mancini, a formação de três zagueiros deixou impressão "altamente positiva". O treinador, portanto, pode repetir a escalação diante do Sport Huancayo (PER), na quinta, pela Sul-Americana.

"Não tenha dúvida de que a avaliação é altamente positiva, embora a gente tenha sentido um pouco de dificuldade no início da partida, o que é natural, porque fizemos, além da mudança de esquema, a entrada de alguns atletas. Não é uma tarefa fácil, mas acima de tudo foi uma tarefa bem executada. Essa dificuldade foi imposta porque no começo de jogo o São Paulo foi bem agressivo na marcação, e a gente não estava conseguindo uma estabilização que toda equipe precisa numa mudança de sistema de jogo", declarou.

Perguntado se o jovem Lucas Piton virou titular da ala corinthiana, Mancini preferiu não cravar a presença do atleta nos próximos jogos, mas o elogiou bastante pela atuação diante do rival São Paulo.

"(Piton) Ganhou a vaga para este jogo, não quer dizer em todas as partidas. Aí depende muito do que for apresentado nos jogos. Costumo dizer para os atletas que não sou eu que escalo o time, mas eles mesmos, a partir do momento que mostram dentro de campo quem deve ser escolhido. O Piton teve a oportunidade no jogo do Santos e em alguns jogos atrás. Hoje ele acabou mostrando mais uma vez que tem condições de ser titular, assim como o Fábio tem. Diante de algumas equipes, algumas estratégias, podemos usar o Fábio e em outras o Piton. Gostei da entrega do Piton, assim como gostei de outros jogadores. Um atleta que não foi citado e merece destaque é o Cauê, fez um grande jogo, muitas vezes jogou sozinho no ataque porque o Otero e o Luan acabavam voltando um pouco mais, mas ele sustentou bem, brigou com Arboleda e Miranda o jogo inteiro. Então, os atletas tiveram um bom desempenho, felizmente. Ficamos muito contentes quando isso acontece, pois, de certa forma, além de recuperar alguns, dá oportunidade a outros, é importante quando todos eles jogam bem, pois isso gera confiança no trabalho que está sendo feito", analisou Mancini.


VEJA MAIS


COMPARTILHE A NOTÍCIA: