Cássio dá bronca em jogadores que deixaram o clube e reclamaram - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Cássio dá bronca em jogadores que deixaram o clube e reclamaram

Foto: Agência Corinthians

O goleiro Cássio concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (30) e mostrou-se contrário aos jogadores que deixaram o Corinthians e reclamaram da atitude do clube paulista.



Em 2020, dois desses casos citados pelo camisa 12 ocorrem no Corinthians. Aconteceu lá no início da temporada quando o então técnico Tiago Nunes liberou os ídolos Jadson e Ralf. Na época, nem volante, tampouco o meio-campista ficaram satisfeitos e reclamaram publicamente.

O gigante respondia sobre a possibilidade de permanecer no Corinthians até a aposentadoria (leia no tuite abaixo).

"Vejo jogadores que esperam alguma coisa e falam: "ah, fui embora e não fizeram nada por mim". Na verdade somos empregados, somos funcionários como qualquer outra empresa. Quando você não corresponde, as coisas acontecem. Prefiro viver o ano, me dedicar ao momento, se a gente ficar pensando no futuro a gente perde energia para focar no presente", declarou Cássio.



VEJA MAIS DECLARAÇÕES DE CÁSSIO:

RENATO AUGUSTO E GIULIANO:
"Giuliano e Renato Augusto vão agregar muito ao time e novos jogadores", disse Cássio. "Jogadores experientes, com muita vontade de ajudar, acho muito importante. Foram muito bem recebidos, são caras do bem. Vão agregar, numa forma geral em todos os sentidos. São atletas de muita qualidade".

SYLVINHO
"Ele pegou uma situação e trouxe uma maneira de jogar. Estamos entendendo e evoluindo. Ele tem nos cobrado bastante sobre erros e nós temos trabalhado e tentado melhorar. Nós temos muito a crescer com ele".



FIEL FAZ FALTA
"Somos um dos clubes mais prejudicados e a gente sabe como é a torcida do Corinthians. Já vi jogos aqui que com a força da torcida viramos placares e isso retrata um pouco da história. Estamos sentindo falta da torcida, queremos que seja o mais rápido possível, mas que seja organizada".



VEJA MAIS


COMPARTILHE A NOTÍCIA: